Mais perto da revolução: Banco Central regulamenta fintechs

regulamentação fintechs

O Conselho Monetário Nacional (CMN) do Banco Central aprovou as Resoluções nº 4.656 e nº 4.657 que regulamentam as operações das fintechs. Tratam-se de jovens empresas altamente tecnológicas e focadas em serviços financeiros.

A medida era muito aguardada por este setor que vem ganhando destaque no mercado nacional, mas necessitava de um marco regulatório para flexibilizar e fomentar a operação.

A regulamentação também será uma aliada do governo no seu trabalhado para reduzir os juros. Mesmo com a Selic no piso histórico, o Brasil ainda está no topo do ranking entre os países com a maior taxa do mundo.

O que mudou com a regulamentação?

Até então, estas empresas se enquadravam como correspondentes bancários e respeitavam os termos da Resolução nº. 3.954 do BC. Entretanto, nesse modelo era necessário fechar parcerias com bancos para mediar as operações.

A norma permite eliminar os intermediários e consequentemente, reduzir os custos da operação. A partir de agora, essas organizações poderão atuar como Sociedade de Crédito Direto (SCD) e a Sociedade de Empréstimo entre Pessoas (SEP). Isso significa que poderão conceder crédito com seus próprios recursos e manter contas de pagamento para os clientes.

Quais são os benefícios para o consumidor?

➤ Concorrência: o principal objetivo da regulamentação é fomentar a inovação e a criação de novas empresas dentro do Sistema Financeiro Nacional. Com isso, a oferta de crédito tende a aumentar e os consumidores terão acesso a empréstimos com juros menores e serviços mais eficientes.

➤ Segurança Jurídica: instituições que desejarem operar sem a intermediação dos bancos deverão solicitar uma autorização de funcionamento e terão que fornecer dados ao Banco Central. Isso garante mais segurança ao consumidor que saberá quais são as instituições regulamentadas e poderá se prevenir de golpes na internet.

➤ Segurança Cibernética: as fintechs também deverão seguir padrões de segurança cibernética determinados na Resolução nº 4.658. Portanto, deverão utilizar ferramentas e serviços que protegem informações em caso de ataque.

O mercado nacional de fintechs

De acordo com a última edição do Radar FintechLab, em 2017 houve um crescimento de 34% no número do fintechs atuantes no Brasil. O ano fechou com um total de 332 empresas.

A maior parte (27%), são especializadas em Pagamentos. Seguido pelo segmento de Gestão Financeira (18%) e Empréstimos (17%). Dos quais, destacam-se o Nubank, GuiaBolso e Creditas, respectivamente.

 

Também há empresas atuando no segmento de investimentos, gestão empresarial, câmbio, seguros, financiamento coletivo e criptomoedas. 

Veja como foi a evolução deste mercado nos últimos anos.

SOLICITAR MEU EMPRÉSTIMO

Postado por Revista Creditas

Portal de conteúdo especializado em educação financeira.

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você também vai gostar de

Como conseguir empréstimo pessoal online de forma segura e vantajosa

Empréstimo Online

Como conseguir empréstimo pessoal online de forma segura e vantajosa

Solicitar empréstimos pela internet pode ser muito prático, mas requer alguns cuidados. Saiba mais aqui

9 dicas para fazer um empréstimo online seguro

Empréstimo Online

9 dicas para fazer um empréstimo online seguro

Cuide dos seus dados e do seu dinheiro! Conheça técnicas simples para driblar fraudadores

Descubra onde conseguir crédito online

Empréstimo Online

Descubra onde conseguir crédito online

Indicar uma instituição confiável para fazer um empréstimo não é algo fácil. Pensando em te ajudar, apresentamos neste texto quais são as melhores emp ...

O que é fintech: entenda a revolução do mercado financeiro

Empréstimo Online

O que é fintech: entenda a revolução do mercado financeiro

Novas startups surgem prometendo acabar com os juros abusivos, com a burocracia dos bancos e com os investimentos de baixa rentabilidade. Essas empres ...

Procura uma solução para reformar ou construir a casa dos sonhos?

O Creditas Reforma é uma solução para financiar todos os custos da sua reforma ou construção, desde o projeto arquitetônico, material de construção, até o móvel planejado e os detalhes da decoração.

Mais vistos