O que muda com as novas regras do cheque especial?

Novas regras do cheque especial

Se você já entrou no vermelho no banco por falta de saldo e mesmo assim a instituição liberou um limite de crédito, é sinal de que entrou no cheque especial. Essa modalidade está entre as mais caras e ainda pesa muito no bolso dos brasileiros. Para melhorar a situação, em julho de 2018 passam a valer novas regras do cheque especial definidas pelo Banco Central.

Essa não é a primeira mudança. Em maio de 2017, foi a vez do cartão de crédito e em junho de 2018, do crédito rotativo. O objetivo dessas alterações é diminuir o endividamento do brasileiro com essas linhas e garantir que tenha acesso a condições mais justas.

Por quê é caro?

O cheque especial lidera as modalidades, apresentando as maiores taxas de juros. Isso acontece porque é um limite pré-aprovado, disponível automaticamente na sua conta corrente e muito usado em situações emergenciais.

Então, você tem acesso facilmente e não é exigida nenhuma garantia de pagamento. Com isso, os bancos não têm certeza de que serão pagos de volta. Para compensar, cobram juros exorbitantes.

Novas regras do cheque especial

A decisão de alterar as condições do cheque especial é para evitar que o consumidor entre de forma automática e, muitas vezes, sem perceber. O objetivo é fazer uso consciente dessa linha de crédito, sabendo quando e como usar sem cair numa cilada.

Então, basicamente, são exigidas quatro mudanças para os bancos:

Aviso: o banco te envia alertas assim que você entrar no cheque especial. Além de enviar mensagens orientando sobre o uso. E, principalmente, para lembrar que essa deve ser uma opção apenas emergências e por pouco tempo. Assim, evita-se o pagamento excessivo de juros.

Extrato: agora, no extrato, o limite do cheque especial aparece separado do valor do saldo, para não ter confusão.

Negociação: você poderá entrar em contato com o banco para negociar a dívida e conseguir melhores condições de pagamento.

Modalidade mais barata: se você estiver com uma dívida superior a 15% do seu limite de crédito por mais de 30 dias, a instituição financeira deve oferecer outra linha com juros menores.

Alternativas mais baratas

Existem linhas de crédito com taxas de juros muito menores que o cheque especial. Hoje em dia, você pode conseguir condições diferenciadas em outras instituições além dos bancos.

As fintechs, por exemplo, são empresas especialistas em finanças e em tecnologia. Essas companhias têm crescido muito no mundo do crédito, principalmente por facilitar o acesso a taxas mais justas e prazos maiores.

O crédito consignado e o empréstimo com garantia se destacam como os mais baratos. Compare:

Empréstimo Consignado

Se você é funcionário de empresa privada, servidor público ou beneficiário do INSS pode solicitar essa linha. Basicamente, no empréstimo consignado, o pagamento é descontado direto do holerite, de forma automática. Os juros são reduzidos justamente porque a empresa tem seu salário ou benefício como garantia de que será paga.

Isso é uma vantagem para quem não quer se preocupar com a data de vencimento. Porém, todo mês você ficará sem uma parte da renda para quitar outras despesas. Então, é preciso se organizar e fazer um planejamento financeiro para evitar problemas.

Empréstimo com garantia

Você precisa de quantias bem elevadas? Está pensando em realizar sonhos caros? O diferencial do empréstimo com garantia é justamente conceder muito dinheiro, com juros reduzidos e prazos longos.

Para ter acesso a essas condições, você pode assegurar o pagamento, atrelando um bem à empresa como garantia. Mas, você continua usando normalmente seu carro ou imóvel. Esse procedimento é chamado de alienação fiduciária.

Ou seja, essa é uma maneira de você conseguir quitar dívidas e alavancar projetos pessoais pagando muito mais barato.

Ainda tem dúvidas sobre as novas regras do cheque especial? Compartilhe com a gente nos comentários abaixo e continue acompanhando outros conteúdos da Revista Creditas, para ficar craque em finanças!

SOLICITAR MEU EMPRÉSTIMO

Postado por Revista Creditas

Portal de conteúdo especializado em educação financeira.

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você também vai gostar de

Calcule os juros do Cheque Especial e evite surpresas na conta

Cheque Especial

Calcule os juros do Cheque Especial e evite surpresas na conta

Muitos empréstimos têm taxas bastante elevadas, mas nem todo mundo leva isso em conta e acaba contraindo mais dívidas do que o esperado. Como os juros ...

Entenda como funciona o cheque especial

Cheque Especial

Entenda como funciona o cheque especial

O cheque especial cobra altos juros, mas alguns bancos isentam o pagamento desde que o valor seja reposto em até 10 dias. Cuidado para não confundir c ...

Quitar Dívidas: 6 passos para sair do sufoco e ficar no azul

Se enrolou e não sabe como quitar as dívidas? Aqui você encontra um passo a passo com dicas reais para voltar a ver a sua conta no azul.

 

 

Mais vistos