Entenda como funciona o cheque especial

O cheque especial cobra altos juros, mas alguns bancos isentam o pagamento desde que o valor seja reposto em até 10 dias. Cuidado para não confundir cheque especial com saldo em conta.

O cheque especial, também conhecido como limite da conta corrente, é usado quando você gasta mais dinheiro do que realmente tem em conta. Sim, são aqueles casos em que você fica no vermelho porque o banco aprovou um pagamento com valor superior ao que havia em conta corrente.

Muitas pessoas só descobrem essa ferramenta quando, sem querer, gastam mais do que deviam. Os bancos costumam aplicar taxas de juros muito altas nesses casos, entenda o porquê.

Mas antes, a Creditas te lembra que, se estiver passando por problemas financeiros, existem duas modalidades de crédito com taxas de juros muito baixas. Trata-se do empréstimo com veículo em garantia e empréstimo com imóvel em garantia.

Juros do cheque especial

Diferentemente de um empréstimo comum, em que o banco analisa seu perfil de consumidor, seu potencial de pagamento e decide se te emprestará o dinheiro ou não; no cheque especial a dinâmica é outra. O banco não sabe quando terá o dinheiro de volta, nem se você conseguirá pagar. Ele apenas espera cair algum valor na sua conta para descontar. Nesse caso, os juros são mais elevados, como forma de garantia da instituição.

Alguns bancos, no entanto, não cobram juros nos 10 primeiros dias que você usou o cheque especial. Verifique esse prazo antes de usar o serviço e fique atento para devolver o dinheiro antes que ele finde.

Tome cuidado, também, para não confundir os valores descriminados em sua conta corrente. Os bancos costumam somar o limite do cheque especial com o valor do seu saldo, confundindo os clientes. Leia a descriminação de cada valor para saber o que é seu saldo e o que é cheque especial e evite, assim, gastar dinheiro que não faz parte do seu saldo.

Quando usar o cheque especial

O ideal é que o cheque especial seja utilizado em caso de emergência. Por exemplo, você está com pouco dinheiro na conta, mas receberá o salário em breve e precisa muito comprar algum presente, medicação ou pagar uma conta.

Desta forma, você terá o dinheiro necessário para a emergência e conseguirá repor a tempo de não pagar juros, já que receberá o salário em seguida.

Postado por Time Creditas

A Creditas nasceu da missão de diminuir os juros no Brasil. Conheça mais sobre a gente em: https://www.creditas.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *