Como funciona o empréstimo com garantia Creditas

Startup do mercado financeiro ganha destaque no Brasil por conseguir quebrar a barreira dos juros altos. O empréstimo com garantia da Creditas oferece taxas até 10 vezes menores que as linhas de crédito tradicionais dos grandes bancos.

A Creditas se consolidou como uma das startups mais promissoras do Brasil. Criada em 2012, nasceu com o intuito de enfrentar um dos maiores problemas do país, a alta taxa de juros. A própria empresa já conseguiu reduzir a sua taxa quatro vezes em 2017. Isso está sendo possível porque investiu em uma das linhas de crédito mais baratas, porém pouco oferecida pelos grandes bancos. O empréstimo com garantia Creditas vem crescendo e é um dos produtos mais vantajosos para o cliente.

Em três anos, houve um aumento de mais de 1100% no número de solicitações. A expectativa para 2017 é ultrapassar 360 mil. A carteira ativa da empresa fechou em R$ 135 milhões no ano de 2016 e estima-se ter aumentado em 48% desde então.

Uma das coisas que atraem as pessoas é a grande diferença em relação aos juros de outras linhas. A empresa apresenta taxas médias cerca de 80% mais baixas do que o cheque especial, ao colocar um veículo em garantia. E quase 83% menores do que o empréstimo pessoal, na modalidade de imóvel em garantia.

SIMULE SEU EMPRÉSTIMO COM GARANTIA

O empréstimo com garantia Creditas é uma solução que possibilita taxas baixas com menos repasse de custos aos seus clientes. Por ser uma empresa digital, as despesas operacionais que os bancos tradicionais possuem são reduzidas. Não existem agências, mas apenas uma sede na cidade de São Paulo que atende a todas as regiões do Brasil.

 

Qual é a influência da garantia nos juros baixos?

Um dos principais fatores que as instituições financeiras utilizam para calcular os juros é o risco de inadimplência. Quanto maior for a chance de não receber o dinheiro emprestado, maiores serão as taxas, fruto do histórico da operação no banco. Ou seja, nos empréstimos tradicionais, mesmo um cliente com perfil de bom pagador, terá juros calculados para compensar maus pagadores.

Por exemplo, ao optar por uma linha de crédito pessoal, o cliente não precisa apresentar nenhuma garantia. Com isso, a chance de não pagar o empréstimo aumenta, já que não há nada que dê segurança à instituição para receber o dinheiro.

Apesar de parecer uma operação de alto risco, isso não é verdade. Como as taxas são mais baixas e consequentemente a parcela é menor, o índice de devedores também é reduzido. Isso gera um conforto para a instituição trabalhar com juros pequenos.

   LEIA MAIS: COMO CALCULAR EMPRÉSTIMO

Empréstimo com garantia de Imóvel

Um dos dois modelos de empréstimo que a Creditas oferece é com o imóvel em garantia. Essa modalidade possui a menor taxa de juros do mercado de empréstimos, a partir de 1,15% ao mês + IPCA. Por conta disso, a parcela é mais baixa, contribuindo para diminuir a inadimplência.

Como é um procedimento mais demorado do que o comum, é indicado a quem possui um imóvel e pode se planejar para receber o dinheiro. Por envolver altos valores e análises mais detalhadas, o tempo médio para a liberação do crédito é em torno de dois meses.

Uma vantagem desse tipo de empréstimo é que o cliente poderá utilizar o dinheiro da forma que quiser. Por isso, é muito buscado para ampliação de comércio ou investimentos no próprio negócio. Também é benéfico para projetos de reforma, por exemplo, pois permite gastar os recursos em diversos serviços.

Por envolver um bem durável, essa linha de crédito permite longos prazos de pagamento. O parcelamento dos débitos pode ser realizado em até 240 meses. Dependendo da liquidez desse imóvel, ou seja, a facilidade de negociação, o cliente é capaz de pedir quantias mais altas. Esses valores estão diretamente relacionados com a avaliação da propriedade, já que é possível solicitar até 60% do valor do imóvel.

Os pré-requisitos para essa linha de crédito são: possuir um imóvel com documentação regularizada; solicitar o valor mínimo de R$ 30 mil. Caso o bem esteja com parcelas de financiamento pendentes, existe a possibilidade de quitar esse pagamento e receber a diferença na conta.

CLIQUE NA SETA PARA LER O TÓPICO DO SEU INTERESSE

Documentos necessários

Documentos necessários – Imóvel

Ter a documentação atualizada é de suma importância para o andamento rápido do processo. Os itens pessoais necessários são básicos e variam dependendo do estado civil do cliente:

  • RG e CPF ou CNH (do casal);
  • Se solteiro, Certidão de Nascimento;
  • Se casado, Certidão de Casamento;
  • Nos casos que o regime de casamento for através de Comunhão Universal ou Total de Bens, deverá apresentar – Certidão de Registro do Pacto Antenupcial (devidamente averbada no cartório de imóveis);
  • Se separado/divorciado ou viúvo, Certidão de Casamento com a averbação da atual situação;
  • Comprovante de Residência atualizado (mês vigente/água, luz ou telefone fixo).

Para a comprovação de renda, existe uma diferença grande, que varia de acordo com a categoria de trabalho do cliente, entre: empresário; funcionário público; assalariado CLT; autônomo; produtor rural; aposentado.

Em todos os casos, é necessário apresentar a declaração completa do Imposto de Renda de Pessoa Física. Também é regra a comprovação de rendimentos por extrato bancário dos últimos e holerite ou nota fiscal dos últimos três meses, pelo menos.

A respeito da documentação do imóvel e jurídica, quanto mais completa estiver, mais rápidos os recursos serão liberados. São necessários:

  • Matrícula do imóvel, caso possua vaga autônoma apresentar matrícula;
  • Capa de IPTU, constando a metragem do imóvel;
  • Declaração Negativa de Débitos de Condomínio.

Se for preciso, outros documentos podem ser solicitados.

Como funciona o processo

Como funciona o processo – Imóvel

Primeiramente, o cadastro é realizado no site da Creditas. Sendo aprovado, o cliente é encaminhado para o setor de operações. Nesse momento, um consultor vai entender a situação e as necessidades para definir qual é a melhor oportunidade disponível.

Após isso, serão solicitados os documentos, que variam dependendo da instituição parceira que vai realizar a solicitação. Esse período costuma demorar, pois poucas pessoas possuem toda a documentação e precisam ir atrás nos órgãos competentes.

Passado esse processo, começa a análise de crédito. A primeira aprovação leva em conta a documentação enviada e os valores informados, tanto de solicitação, quanto o preço do imóvel. Em seguida, é marcada a avaliação da propriedade.

A segunda aprovação é realizada a partir do laudo emitido na avaliação do especialista. Isso é feito para enquadrar o cliente nas condições reais de acordo com o valor do seu imóvel.

Depois da aprovação de crédito, o processo segue para a análise jurídica. São avaliadas as certidões de débitos apresentadas pelo cliente e consultas processuais judiciais. Se a situação estiver regularizada, o próximo passo é a formalização em cartório e assinatura de contrato.

O cliente que reside em São Paulo, pode ir até o escritório da Creditas para firmar o contrato. Para aqueles que não possuem fácil acesso à empresa, o documento é enviado por e-mail para a assinatura.

No cartório, é feita a transferência do bem para a instituição. O cliente continua a usufruir do imóvel normalmente e volta a ser o proprietário quando quitar todas as parcelas do empréstimo.

Imóveis aceitos em garantia

Imóveis aceitos em garantia

São aceitos como garantia imóveis residenciais, salas e prédios comerciais em área urbana. Podem ser novos ou usados, de alvenaria, em rua asfaltada. Também é possível realizar a operação com terrenos em áreas urbanas e dentro de condomínios residenciais.

Não são aceitos: escolas; igrejas; hospitais; clínicas de internação; clubes, sedes de associações; galpões; sede de emissoras de rádio ou televisão; terrenos residenciais fora de condomínios; terrenos acima de 3 mil m²; postos de combustível; motéis; hotéis; sítios, chácaras ou outros imóveis rurais; imóveis com valor abaixo de R$ 150 mil.

Citação/box: As pessoas ainda confundem o empréstimo com garantia com a hipoteca. Mas devido a alta burocracia, o mercado hipotecário ficou obsoleto. Hoje, o método utilizado na alienação de bens com o intuito de garantia é a alienação fiduciária.

Simule: Empréstimo com Garantia de imóvel

 

Empréstimo com garantia de Veículo

O outro modelo de empréstimo com garantia Creditas é com a alienação do automóvel na operação de crédito. A categoria de imóvel possui taxas menores, mas como a análise é mais complexa, essa é uma solução para quem precisa de dinheiro rápido.

O tempo médio para a liberação é de duas semanas, mas o processo já pode ser finalizado no dia seguinte à solicitação. Tudo depende da disponibilidade do cliente para fazer a vistoria do carro e assinar o contrato.

Nesse caso ainda, por conta da maior liquidez em relação a um imóvel, é possível solicitar até 90% do valor de avaliação do veículo. Os prazos são de até 60 meses, parecidos com os períodos de empréstimos pessoais, porém com as taxas melhores.

Desde o começo do ano, a Creditas vem baixando as taxas do seu empréstimo com garantia de veículo. O ano de 2017 começou com juros de 2,15% ao mês na operação e chegou em agosto a 1,75% ao mês, acompanhando as consecutivas quedas da Selic.

Para fazer uma solicitação, é necessário possuir um automóvel, de preferência quitado. Caso ainda haja parcelas em aberto do financiamento, é possível realizar o mesmo procedimento de quitação que é feito na operação de imóvel.

CLIQUE NA SETA PARA LER O TÓPICO DO SEU INTERESSE

Documentos necessários

Documentos necessários – Veículo

A documentação necessária para o processo de veículo em garantia é muito mais simples do que na operação de imóvel. Confira abaixo o que é preciso para dar andamento na solicitação.

  • CNH (Nome completo, documento legível e dentro da validade);
  • CRV ou DUT (Documento em nome do proprietário, modelo do carro, ano de fabricação, legível e sem cortes);
  • Comprovante de Residência – contas de água, luz, gás, telefone fixo, celular e internet (Nome do solicitante, endereço de acordo com o informado na ficha cadastral e histórico de consumo).

Para a comprovação de renda, também é necessário diferenciar de acordo com a categoria de trabalho do cliente. Podem ser aceitos os holerites dos últimos três meses, extratos bancários dos últimos seis meses ou extratos de benefícios.

Outros documentos ainda podem ser solicitados ou usados para substituir algum em falta.

  • RG – pode ser apresentado caso o cliente não possua CNH ou não esteja em situação regular;
  • Certidão de casamento – caso o bem ou comprovante de residência esteja em nome do cônjuge;
  • Declaração de residência – para o caso do cliente não morar com os pais ou cônjuge, por exemplo;
  • Carteira de classe – para profissionais liberais confirmarem a atuação e comprovação de renda como trabalhadores autônomos;
  • Contrato de aluguel – deve ser apresentado no caso do cliente possuir rendimentos por aluguel;
  • Boleto de Interveniente Quitante – em situação de refinanciamento, deve-se apresentar o boleto da dívida antiga para a quitação integral dos valores.

Como funciona o processo

Como funciona o processo – Veículo

O processo funciona de uma forma que o cliente seja beneficiado. O passo inicial é informar o valor desejado e preencher a ficha cadastral. A partir dessas informações, são apresentadas as melhores propostas. Vale ressaltar que o preenchimento completo do formulário é importante para acelerar o processo.

Após isso, há o atendimento de um consultor que entende a situação e analisa qual a proposta mais vantajosa para o perfil do cliente. Então, os dados informados na ficha são confirmados, e o processo segue para a análise de crédito e consulta de informações junto ao Banco Central.

Caso haja aprovação de crédito, a vistoria do automóvel poderá ser agendada. O cliente pode receber o especialista no seu endereço, mas se preferir pode ir até à empresa especializada. Dessa forma, consegue agilizar o processo.

Se tudo correr da forma correta na avaliação, o valor do bem é repassado e a proposta é ajustada às condições reais do veículo. Para terminar, a Creditas auxilia o cliente na parte de formalização. Por fim, o registro do bem precisa ser atualizado com a informação da alienação do carro. O cliente então assina o contrato e recebe o dinheiro na conta.

Simule: Empréstimo com Garantia de Veículo

 

Posso perder o bem alienado?

A forma para que isso aconteça é o consumidor ficar inadimplente por três meses, portanto existe o risco de perder o bem alienado. A falta de pagamento permite que a empresa entre com uma ação de execução extrajudicial e confisque a propriedade oferecida em garantia.

Contudo, é bom lembrar que para a instituição financeira não é interessante ficar com um bem na carteira. Isso significa que ter um imóvel ou veículo em mãos é um mau negócio, pois a especialidade da empresa é emprestar dinheiro. Além de precisar vender o bem em leilão para quitar a dívida, corre-se o risco deste ficar encalhado, gerando custos de manutenção.

Então, antes de entrar com a ação para a retomada do bem, a área de cobrança irá contatar o cliente para entender a situação. Caso haja algum tipo de dificuldade, é vantajoso para as duas partes entrarem em um acordo para o pagamento das parcelas restantes. Mas se não houver acerto entre as partes, a instituição pedirá a execução do bem, a fim de saldar a dívida pendente.

 

O empréstimo com garantia Creditas é confiável?

A Creditas é uma fintech que funciona como correspondente bancária e segue as diretrizes definidas pelo Banco Central do Brasil. Ou seja, cumpre todas as normas estipuladas pelo órgão que gere o mercado financeiro no país.

O site possui certificado de segurança e os dados são enviados de forma criptografada. Isso significa que existe segurança suficiente para a prevenção de roubos. Conheça os termos de uso e saiba mais sobre a política de privacidade da instituição.

Além disso, a Creditas não cobra nada antecipadamente. Isso é uma regra do Banco Central que proíbe essa prática. Portanto, caso haja algum pedido de cobrança adiantado por qualquer empresa financeira, há grandes chances de ser um golpe.

Segura e prática, a linha de crédito com garantia definitivamente é uma ótima opção para quem possui um imóvel ou veículo. Se você ficou interessado no empréstimo com garantia Creditas, clique no botão abaixo.

Solicite um empréstimo na Creditas

Relacionados

Refinanciamento de veículos Itaú Colocar um veículo como garantia é uma boa opção para aqueles que precisam de crédito pessoal para levantar recursos, mas não querem desfazer-se do be...
Como funciona a hipoteca de imóvel Caixa A Caixa Econômica Federal é um dos bancos brasileiros que concede empréstimo com garantia para cliente Pessoa Física.  A hipoteca de imóvel Caixa leva...
Como refinanciar veículo com restrição no CPF Se você está com o nome sujo e precisa de dinheiro, saiba que suas opções de empréstimo certamente serão mais limitadas, já que a maioria das institui...
Refinanciamento de Veículo – Simulação Quando precisamos de dinheiro, logo pensamos em contratar um empréstimo. E uma das primeiras dúvidas que surgem é quanto pagaremos por essa linha de c...

Postado por Revista Creditas

Portal de conteúdo especializado em educação financeira.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *