Revista Creditas - Conteúdo e Informação sobre Finanças

Diferença entre juros prefixados e pós-fixados

cartão de crédito sem comprovação de renda

Conheça a diferença entre juros prefixados e pós-fixados antes de escolher a melhor opção

Quando pretendemos contratar um empréstimo de prazo mais longo muitas vezes surge a dúvida com relação a optar por juros prefixados ou pós-fixados. Por isso é importante saber tudo sobre empréstimo pessoal.

Entenda a principal diferença entre as duas formas de cálculo dos juros para prestações de empréstimos e financiamentos, conferindo as vantagens e desvantagens de cada uma delas.

  1. Taxa de juros prefixados
  2. Taxa de juros pós-fixados
  3. Como escolher entre juros prefixados ou pós-fixados?

1. Taxa de juros prefixados

As taxas de juros prefixadas são definidas previamente e permitem que o consumidor conheça, na data da contratação, o valor exato de todas as parcelas a pagar, que permanecem fixas por todo o contrato. Simples assim!

2. Taxa de juros pós-fixados

As taxas de juros pós-fixadas são vinculadas a índices de inflação ou de taxas de juros de curto prazo, que podem variar com o tempo e que, portanto, variam conforme varia a economia do país.

No caso do financiamento imobiliário, por exemplo, é comum que a taxa de juros pós-fixada esteja relacionada à TR – Taxa Referencial de Juros, que serve de base à remuneração das cadernetas de poupança. Mas outras modalidades de empréstimo podem também estar relacionadas a diversos índices de inflação como o IPCA, medida oficial da inflação calculada pelo IBGE, ou o IGP-M, calculado pela Fundação Getúlio Vargas.

Dessa forma o consumidor que optar pelos juros pós-fixados terá o valor de sua prestação alterado mensalmente, normalmente para cima, e sem nenhuma previsibilidade.

3. Como escolher entre juros prefixados ou pós-fixados?

A contrapartida à falta de previsibilidade nos juros pós-fixados é a fixação de taxas nominais mais baixas do que quando se praticam os juros prefixados. Isso resulta normalmente em prestações iniciais mais baixas, ofercendo a ilusão momentânea de que empréstimos ou financiamentos a taxas pós-fixadas são mais baratos do que aqueles com taxas prefixadas.

É impossível determinar a melhor opção no momento da contratação, já que não é possível prever o futuro. Antes de optar por juros prefixados ou pós-fixados é fundamental observar o valor da taxa de juros nominal oferecida em cada caso e, no caso da taxa pós-fixada, avaliar a perspectiva da evolução futura da taxa referencial ou do índice de inflação associado.

Em tempos de instabilidade econômica a taxa de juros pós-fixada poderá representar um potencial problema futuro, já que a TR ou índice de inflação poderiam subir substancialmente, incrementando de forma indesejável as parcelas do empréstimo ou financiamento. Porém, com a inflação estável ou declinante, esta pode ser a opção mais vantajosa.

É importante lembrar que a melhor opção também pode variar conforme o perfil do consumidor. Por exemplo, se o contratante em questão prioriza a segurança e sente-se mais confortável conhecendo exatamente o valor da parcela que pagará no mês seguinte, ainda que esteja pagando mais juros nominais, então os empréstimos ou financiamentos a taxas prefixadas atenderão melhor sua expectativa.

SOLICITAR MEU EMPRÉSTIMO

Postado por Revista Creditas

Portal de conteúdo especializado em educação financeira.

Comentários

2 comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

  1. Olá,gostaria de um esclarecimento por gentileza.

    Entrei em um financiamento para aquisição de um imóvel pelo sistema da tabela PRICE. Até ai tudo bem, já tenho 1 ano e 4 meses, mas as duas ultimas parcelas teve uma alteração no valor da prestação, eu pesei que no primeiro mês que teve esse aumento em recorrência a uma prestação que eu paguei com um pequeno atraso “2 dias”… mas agora no segundo mês eu percebi que esse aumento não tem ligação com esse atraso. Pesquisei aqui e vi que existe essa diferença de sistema entre pré e pós-fixada. Como posso identificar em meu contrato de financiamento os dizeres em que indique se ele é pré-fixado ou pós-ficado?

    Aguardo pela ajuda

    1. Oi Danilo, tudo bem?

      Quando você faz uma operação aqui na creditas nossos consultores te informam se as parcelas são pré ou pós fixadas, e você consegue encontrar demais informações no contrato.
      Se tiver qualquer dificuldade em esclarecer essas dúvidas, entre em contato com a gente no 01135228009, pra gente bater um papo sobre isso!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você também vai gostar de

Saiba como aproveitar o feriado sem comprometer a renda

Finanças Pessoais

Saiba como aproveitar o feriado sem comprometer a renda

Planejamento, foco e clube de benefícios. Curta o feriado sem extrapolar o orçamento

13º salário: dicas para usá-lo como um benefício de verdade

Finanças Pessoais

13º salário: dicas para usá-lo como um benefício de verdade

Confira algumas dicas de como aproveitar o salário extra da melhor maneira possível

Como aproveitar a Black Friday sem ficar mal endividado

Finanças Pessoais

Como aproveitar a Black Friday sem ficar mal endividado

Ter foco e planejamento são algumas das dicas para não comprometer a renda durante esse período de promoções

Serasa: o que você precisa saber sobre os principais serviços

Finanças Pessoais

Serasa: o que você precisa saber sobre os principais serviços

Saiba como consultar os principais programas da empresa para ter uma vida financeira de qualidade