Como declaro meu empréstimo no Imposto de Renda

Importante: segundo o cronograma divulgado pela Receita Federal, o prazo para fazer a declaração de Imposto de Renda 2017 é até 28 de abril. Quem perder este prazo, estará sujeito à cobrança de multa de 1%, ao mês, sobre o valor de imposto devido.

Se você solicitou um empréstimo em 2016, deve estar se perguntando como vai declarar o valor no Imposto de Renda agora em abril, não é? Pois fique tranquilo que nós iremos te ajudar. Antes de qualquer coisa, caso você tenha tomado um empréstimo de um valor inferior a R$ 5 mil, não precisa se preocupar. Neste caso, você não precisa declarar seu empréstimo no imposto de renda.

Quem precisa declarar o empréstimo no imposto de renda?

Pessoas que receberam rendimentos tributáveis de valor superior a R$ 28.559,70, pessoas com rendimentos isentos, não tributáveis ou tributados exclusivamente na fonte, acima de R$ 40 mil. Se você vendeu um imóvel e obteve algum ganho de capital, possui algum imóvel com valor acima de R$ 300 mil ou opera na bolsa de valores, também necessita declarar o IR2017.

Vale lembrar que, caso você tenha filhos ou outros dependentes com mais de 12 anos, será necessário apresentar o CPF destes dependentes na sua declaração. Até o ano passado, a idade limite para a apresentação do CPF dos dependentes era de 14 anos.

Como declarar o empréstimo no IR2017

O empréstimo deverá ser informado na ficha de Dívidas e Ônus Reais. Nesta ficha, você deverá informar algumas informações relativas à dívida, como o CPF ou o CNPJ do seu credor (a instituição ou a pessoa que te emprestou o dinheiro), e a natureza da dívida.

Caso você tenha solicitado mais de um empréstimo no período, crie um item individual para cada um dos seus credores, de acordo com especificações pré-definidas, sendo elas: Estabelecimento bancário comercial; Sociedades de crédito, financiamento e investimento; Outras pessoas jurídicas; Pessoas físicas; Empréstimos contraídos no exterior; Outras dívidas e ônus reais.

Se você pediu a antecipação total ou parcial das parcelas do seu empréstimo, você também precisará fazer o apontamento dessa antecipação na sua declaração. Isso evita que você tenha irregularidades referentes a esse valor no próximo ano.

Caso tenha alguma dúvida ou precise de mais informações, consulte o guia do Imposto de Renda Pessoa Física 2017 no site da Fazenda.

 

Relacionados

Conheça os modelos de empréstimo Caixa A Caixa Econômica Federal é um banco do governo. Hoje em dia, conta com uma grande variedade de linhas de crédito. A procura por empréstimo Caixa é al...
O que é taxa Selic e como afeta a sua vida Você sabia que existe uma taxa de juros utilizada como referência para definir todas as outras taxas da economia? Empréstimos, investimentos, consumo ...

Postado por Revista Creditas

Portal de conteúdo especializado em educação financeira.

  1. joao batista da silva 07/04/2017 at 20:31

    preciso de uma quantia para quita as minhas dividas de ums 50,000 mil ai eu fico livre de outros banco voces pode me ajuda preciso financia as minas dividas tem umas vencida e outras para vence.

    Responder

    1. Time Creditas 21/08/2017 at 12:35

      Oi João, tudo certo?

      Você conhece nossas modalidades? Fazemos empréstimo com garantia de imóvel ou de automóvel 🙂
      Dependendo da restrição conseguimos te atender! Faz uma simulação lá no nosso site https://www.creditas.com.br/

      Responder

  2. Por acaso estava com dúvida mesmo em como declarar empréstimo no imposto de renda.
    O artigo foi bem esclarecedor, muito obrigado.

    *Dica: Tentem colocar a letra um pouco mais escura para ser mais fácil de ler.

    Responder

    1. Time Creditas 09/05/2017 at 19:19

      Atualizamos o texto com uma letra mais escura, Ricardo! Obrigado pelo toque. 🙂

      Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *