Conheça as modalidades de empréstimo Banco do Brasil

Viagens, material de construção, compra do carro novo ou da casa própria. O banco ativo mais antigo do Brasil conta com diversas linhas de crédito. Saiba quais são as modalidades de financiamento e empréstimo Banco do Brasil disponíveis para pessoas físicas.

Os bancos brasileiros costumam oferecer praticamente os mesmos serviços, empréstimos e financiamentos. No entanto, existem algumas diferenças que podem dificultar a vida do consumidor. Taxas e até nomes distintos confundem a cabeça dos clientes. Por esses e outros motivos vamos explicar como funcionam as linhas de financiamento e empréstimo Banco do Brasil.

O banco é a instituição financeira ativa mais antiga do país. Foi fundado em 1808, por Dom João VI, com a vinda da Coroa Portuguesa ao Brasil. Antes da criação do Banco Central, a autoridade monetária do governo era o Banco do Brasil.

 

Empréstimo Automático (empréstimo pessoal)

Esse é o modelo de crédito pessoal do Banco do Brasil, da forma que todo mundo conhece. No empréstimo automático, o correntista do banco recebe o dinheiro para usar como quiser.

Essa modalidade é feita para quem não possui bens para oferecer em garantia, já que isso proporciona taxas melhores. No entanto, o banco tem a menor taxa média de juros entre as cinco principais instituições financeiras do país. Segundo o Banco Central, os juros são de 4,27% ao mês.

 

Empréstimo consignado

Para conseguir um empréstimo consignado no Banco do Brasil, o empregador deve ter convênio ativo junto ao Banco do Brasil. Isso é necessário para que as parcelas do débito possam ser descontadas diretamente na folha de pagamento. Além disso, consulte na empresa se possui margem consignável disponível para seguir com a solicitação.

No BB é possível encontrar parcelas fixas e começar a pagar em até 180 dias. A instituição também oferece até 96 meses para o pagamento total da dívida. As taxas de juros são, em média, de 2,6% ao mês. Ressaltando que é preciso ter limite de crédito disponível para efetuar o empréstimo.

 

Crédito salário

O crédito salário é uma modalidade de empréstimo Banco do Brasil bem semelhante ao consignado. Possui as mesmas condições de pagamento. Contudo, se diferem na forma em que são descontados. Esse modelo é exclusivo para correntistas ativos que recebem o salário no banco.

É possível solicitar até R$ 300 mil e as parcelas são debitadas na conta corrente, no mesmo dia do salário.

 

Crédito benefício

Também semelhante na forma de pagamento, mas com algumas diferenças básicas, o crédito benefício é outro tipo de empréstimo Banco do Brasil. É destinado a pessoas que recebem seus benefícios do INSS em contas do banco.

Os prazos são de até 72 meses e taxas médias de juros de 2,02% ao mês. Como nos outros casos, será preciso fazer uma análise de crédito, para saber o limite disponível para a operação.

 

Cheque especial

O cheque especial é um crédito disponível na conta-corrente. É utilizado quando o cliente não tiver saldo disponível para saques ou pagamentos. No Banco do Brasil, as taxas variam entre 2,2% e 12,84% ao mês. Mas as taxas médias são de 12,12%,  segundo o Banco Central, ou seja, poucas pessoas conseguem de fato taxas baixas nessa modalidade.

O recomendado é usar o cheque especial apenas para emergências e cobrir o desfalque da conta assim que possível.

 

Antecipação de créditos

No Banco do Brasil é possível antecipar futuros créditos e usá-los como garantia para pagar um empréstimo. Isto é, você recebe o dinheiro antes do previsto e faz o pagamento quando ele for disponibilizado.

 

Antecipação do 13º salário

Os correntistas que recebem salário no Banco do Brasil conseguem a antecipação do 13º salário em até 80% do valor. Com juros a partir de 3,48% ao mês, é possível solicitar até R$ 20 mil. O pagamento será feito no recebimento do 13º ou no encerramento do contrato, o que acontecer antes.

Essa renda extra deve ser usada em caráter emergencial, pois o ideal é conseguir se manter com os rendimentos mensais. Além disso, o 13º salário pode servir como desafogo no começo do ano seguinte, onde se concentram muitas despesas.

 

Antecipação de Imposto de Renda

Outro modelo usado pelo Banco do Brasil é a antecipação do Imposto de Renda. É possível adiantar até 100% da restituição, com limite de R$ 20 mil. As taxas de juros ficam entre 2,11% e 4,18% ao mês. O usuário só precisa enviar uma imagem do recibo da declaração pelo app ou entregar uma cópia na agência.

 

Empréstimo com garantia de veículo

O refinanciamento de veículos do Banco do Brasil é um produto voltado às pessoas que possuem um carro quitado. O bem é oferecido como garantia da operação e o cliente consegue juros mais baixos do que em outras modalidades. O banco só informa as taxas no ato da contratação.

O empréstimo só pode ser solicitado pelo proprietário do veículo quitado. Esse automóvel pode ter até 10 anos de fabricação para ser aceito. O cliente consegue até 70% do valor do carro e 60 meses para pagar. Essas condições dependem das condições e da avaliação do produto e da proposta.

A Creditas também realiza empréstimos com garantia de veículos, mas com algumas diferenças. Confira as condições no site e faça uma simulação.

 

Financiamento de veículo

O Banco do Brasil oferece boas condições para o financiamento de veículo. O cliente negocia o menor preço possível para a compra do automóvel a vista e solicita o crédito. O BB transfere o valor total diretamente para conta do vendedor, sendo possível financiar até 100% da compra.

Para contratar é necessário ser correntista do banco e as parcelas são debitadas diretamente na conta-corrente. O cliente também pode escolher um ou dois meses no ano para não ocorrer o débito do financiamento. Isso permite desafogar o orçamento em meses mais comprometidos.

Correntistas conseguem simular o financiamento nesse link.

 

Financiamento imobiliário

Exclusivo à pessoa física, o financiamento imobiliário do Banco do Brasil possui umas das menores taxas do mercado. Com juros menores que 1% ao mês, permite ao cliente financiar até 80% do valor do imóvel, novo ou usado. Os pagamentos podem ser quitados em até 35 anos.

É possível utilizar o FGTS no financiamento, seguindo os critérios estabelecidos pela instituição. O valor mínimo para financiamento é de R$ 100 mil e o imóvel pretendido deve ser residencial e localizado em área urbana.

 

Simular financiamento

É possível simular o financiamento e descobrir quanto será necessário pagar pela operação. A simulação é muito importante, pois ajuda a avaliar se o cliente é capaz de arcar com os débitos até o final do contrato. Para fazer o procedimento clique aqui.

 

Financiamento material de construção

Dentre as opções de financiamento e empréstimo Banco do Brasil, existe uma opção para comprar material de construção. Os correntistas utilizam a função crediário do cartão Ourocard e escolhe a quantidade de parcelas.

Nos estabelecimentos conveniados com o banco, é possível comprar até R$ 50 mil e pagar em até 54 vezes. O pagamento da primeira parcela pode ser feito em até 180 dias. Nas demais lojas o valor máximo de compra é R$ 10 mil para pagamento em 48 vezes. A carência, neste caso, é de dois meses.

 

>> PROCURA UM FINANCIAMENTO PARA REFORMA E CONSTRUÇÃO? CONHEÇA OUTRAS OPÇÕES. EXISTEM MODALIDADES QUE PERMITEM USAR O DINHEIRO PARA PAGAR MÃO-DE-OBRA, ARQUITETO, MÓVEIS E ATÉ ITENS DE DECORAÇÃO

 

Financiamento estudantil – FIES

O FIES é um programa social do Ministério da Educação para estimular a entrada de alunos sem condição no ensino superior privado. Para financiar a graduação, o BB é um dos agentes emissores do FIES.

O programa passará por mudanças para 2018. O último processo realizado com as regras antigas foi válido para o ingresso no segundo semestre de 2017.

>> LEIA MAIS: Tire suas dúvidas e entenda como funciona o FIES

 

Compra de equipamentos de informática

Como no financiamento de material de construção, para a compra de equipamentos de informática, o cliente precisa usar a função crediário do cartão Ourocard. Os estabelecimentos comerciais precisam ser conveniados com a Cielo. Também é possível fazer a compra pela internet em lojas que sejam credenciadas com o Banco do Brasil. As condições oferecem compras de até R$ 10 mil, com 48 meses para pagar.

 

Financiamento para viagens

Quem estiver a fim de viajar e não tiver o dinheiro no momento, não precisa se preocupar. O Banco do Brasil oferece meios para o cliente parcelar sua viagem. O financiamento para viagens é outro modelo inserido no BB crediário. A vantagem é a carência de até seis meses para compra de passagens aéreas em agências vinculadas com a instituição.

Postado por Revista Creditas

Portal de conteúdo especializado em educação financeira.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *