Revolucionando o empréstimo no Brasil
Fintech

LinkedIn lista startups mais desejadas para se trabalhar; confira

No ranking LinkedIn Top Startups de 2019, liberado hoje pela rede social, nove das 25 empresas jovens mais desejadas pelos profissionais brasileiros são fintechs. Afinal, o que elas têm em comum?

Escrito por Flávia Marques em 04.09.2019 | Atualizado em 18.09.2019

  • 0 Likes

Pelo segundo ano, o LinkedIn, maior rede social profissional do mundo, realizou o ranking das startups mais desejadas para se trabalhar no Brasil. A lista LinkedIn Top Startups 2019, divulgada hoje, é composta por 25 nomes de jovens empresas que estão mudando a maneira como os profissionais trabalham e vivem.

Assim como no primeiro ano, as fintechs, empresas que oferecem inovações na área de serviços financeiros, roubaram a cena e lideraram o ranking. Entre as 25 organizações citadas, nove atuam nesse setor. A primeira posição é ocupada, pelo segundo ano consecutivo, pelo banco digital Nubank, seguido pelo recém-lançado C6 Bank. 

As fintechs aparecem em mais sete lugares, com o também banco digital Neon (4º lugar); a Creditas, de empréstimo com garantia (10º); a Warren Brasil, de investimentos (11º); a startup KOIN, que permite parcelamentos no boleto (15º); a Zoop (20º), de meios de pagamento; a Contabilizei, companhia de contabilidade online; e a Atlas Quantum, plataforma de negociação de bitcoins.

O ranking avalia as startups com base em quatro pilares na rede social: crescimento do número de funcionários, engajamento, interesse em empregos e atração de talentos. Para ser elegível, a empresa deve ainda ser independente, pertencer à iniciativa privada, ter 50 funcionários ou mais, ter no máximo sete anos de idade e ter sede no país.

[hubspotemdeb title="Assine a Newsletter Creditas!" subtitle="Receba conteúdos exclusivos dos nossos especialistas em finanças"]

O que as startups mais desejadas para se trabalhar têm em comum?

Mais do que a presença na 2ª edição da lista LinkedIn Top Startups, esses empreendimentos têm outros pontos em comum: todos apresentam grande potencial de crescimento e causam disrupção nos setores em que atuam.

A exemplo disso, a Creditas, especialista na oferta de empréstimo com garantia, iniciou o mês atingindo a marca de 1 000 funcionários, apresenta números impressionantes e tem metas ousadas. Com a proposta de reduzir as taxas de juros do mercado de crédito, no ano passado, a empresa cresceu cinco vezes e espera triplicar as receitas em 2019. 

Mas, para manter esse desempenho, não basta contar com uma liderança ambiciosa e visão de negócio assertiva - embora essas questões sejam cruciais para a prosperidade de uma startup. Outro desafio importante para a manutenção de bons resultados é formar - e manter - equipes talentosas e engajadas. 

“Premiações e rankings são interessantes para essas empresas jovens pois permitem que elas ganhem visibilidade, especialmente diante de perfis profissionais específicos”, comenta Robson Santos, especialista em gestão estratégica de pessoas. “No caso do LinkedIn Top Startups, é ainda mais legal, já que a lista é elaborada por uma referência no assunto”, acrescenta o especialista. 

Jovens profissionais na mira das startups

Além da forte presença da tecnologia nos processos, as startups diferenciam-se das empresas tradicionais graças ao seu modelo de gestão inovador, que atrai profissionais que não se identificam com práticas antigas e têm prioridades diferentes. 

Esse tipo de cultura vai ao encontro, por exemplo, do que os profissionais da geração Z - que reúne os nascidos entre 1995 e 2010 - procuram. Isso porque, para os jovens dessa faixa etária, no mercado de trabalho, há questões que valem mais do que o retorno financeiro. 

No final de julho, a Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e o Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) divulgaram um estudo que ouviu jovens com idades entre 18 e 24 anos, e o resultado chamou a atenção. Para esse público, trabalhar com o que gosta (42%), equilibrar trabalho e vida pessoal (39%) e ser reconhecido pelo que faz (32%) são fatores mais importantes do que ter um bom salário (31%). 

Para Robson Santos, esse movimento representa uma oportunidade de melhorias nas relações de trabalho. “O RH sempre trabalhou implantando burocracias, e o modelo de startup chegou justamente para bater de frente com isso”, declara o especialista. “Hoje, além de um plano de carreira, o funcionário valoriza ter qualidade de vida na empresa, e contar com flexibilidade de horários, ambientes descontraídos e melhores oportunidades de desenvolver conhecimento é uma revolução nas startups”, comenta. 

Apesar do destaque para as fintechs, a lista deste ano traz uma diversificação nos segmentos, o que mostra que as startups vivem um bom momento no Brasil. No ranking, também apareceram empresas dos setores de mobilidade urbana, investimentos e alimentícios. 

Confira, a seguir, as 10 empresas que mais se destacaram no Brasil: 

1- Nubank 

Ramo de atuação: serviços financeiros 

Ano de fundação: 2013

Sede: São Paulo

Número de funcionários no Brasil: 2040

2- C6 Bank

Ramo de atuação: bancos 

Ano de fundação: 2018

Sede: São Paulo

Número de funcionários no Brasil: 565

3- Loft

Ramo de atuação: tecnologia da informação e serviços 

Ano de fundação: 2018

Sede: São Paulo

Número de funcionários no Brasil: 300

4- Neon 

Ramo de atuação: serviços financeiros

Ano de fundação: 2016

Sede: São Paulo

Número de funcionários no Brasil: 434

5- QuintoAndar

Ramo de atuação: internet

Ano de fundação: 2012

Sede: São Paulo

Número de funcionários no Brasil: 1200

6- Loggi

Ramo de atuação: internet

Ano de fundação: 2013

Sede: São Paulo 

Número de funcionários no Brasil: 780 

7- Grow Mobility

Ramo de atuação: internet

Ano de fundação: 2019

Sede: São Paulo

Número de funcionários no Brasil: 1570

8- EmCasa

Ramo de atuação: setor mobiliário

Ano de fundação: 2017

Sede: São Paulo

Número de funcionários no Brasil: 110

9- Cobli

Ramo de atuação: tecnologia da informação e serviços 

Ano de fundação: 2015

Sede: São Paulo

Número de funcionários no Brasil: 100

10- Creditas

Ramo de atuação: serviços financeiros

Ano de fundação: 2012

Sede: São Paulo 

Número de funcionários no Brasil: 1000

 

Receba conteúdos exclusivos

Não perca nenhuma novidade, assine nossa newsletter.

  • 0 Likes
Flávia Marques

Escrito por Flávia MarquesRepórter do Portal Exponencial, jornalista e curiosa. Gosta de observar, absorver e, diariamente, dividir o que aprende escrevendo.

Revolucionando o empréstimo no Brasil

Quem somos

As transformações do mundo exigem cada vez mais de nós. Mais funções, mais responsabilidades, mais conhecimento. Mais, mais e mais. Mas o que Creditas e Exponencial têm a ver com isso?

Somos movidos por fazer a diferença na vida das pessoas. Se vivemos o tempo das informações ilimitadas, é nossa função criar e filtrar diferentes conteúdos aos nossos leitores, para que o conhecimento financeiro deles cresça exponencialmente.

Exponencial. Informação é fonte de crescimento.

A Creditas é uma plataforma digital que atua como correspondente bancário para facilitar o processo de contratação de empréstimos. Como correspondente bancário, seguimos as diretrizes do Banco Central do Brasil, nos termos da Resolução nº. 3.954, de 24 de fevereiro de 2011.

Creditas Soluções Financeiras Ltda. é uma sociedade limitada registrada sob o CNPJ/MF 17.770.708/0001-24, com sede na Av. Engenheiro Luís Carlos Berrini, 105, 12º andar Itaim Bibi, São Paulo – SP, 04571-010