Revolucionando o empréstimo no Brasil
Creditas
Creditas
Crédito e empréstimo

Refinanciamento de Imóvel Creditas: como funciona e quando fazer

Escrito por Revista Creditas em 21.03.2018 | Atualizado em 04.07.2019

  • 0 Likes

Para sair das dívidas e iniciar projetos pessoais, você precisa de um empréstimo barato, adequado ao seu bolso. O Refinanciamento de Imóvel Creditas tem crescido muito no país com a proposta de conceder valores altos sem cobrar parcelas exorbitantes.

Para oferecer condições mais vantajosas, a instituição financeira precisa ter certeza que você pode quitar a dívida. Então, é possível assegurar o pagamento com imóvel próprio, por meio de um contrato - processo chamado de alienação fiduciária. Mas, pode continuar morando, alugando e usufruindo como quiser da propriedade. Por isso, essa linha também é chamada de empréstimo com garantia.

A Creditas é uma fintech, empresa tecnológica financeira, com objetivo de facilitar aos brasileiros o acesso ao crédito. A ideia é tornar o processo mais flexível, uma vez que você consegue fazer parte da contratação pela internet. Além de a startup se destacar pelas taxas justas e prazos atrativos.

Compare os juros de diferentes modalidades:

[infogram id="0431ab14-6f36-4625-a712-851a5bcddee8" prefix="1s1" format="interactive" title="Taxas de Juros"]

Como funciona o Refinanciamento de Imóvel Creditas

Você pode contratar esse empréstimo a partir de 18 anos, se tiver um imóvel quitado, em seu nome. Muitos solicitam para realizar planos acima de R$ 30 mil, valor mínimo concedido pela Creditas. É possível receber até 60% do valor do bem, a uma taxa mínima de 1,15% ao mês. O prazo para quitar chega a 180 meses.

Como o crédito pode ser usado para qualquer fim, você não precisa obrigatoriamente justificar à instituição. Porém, suas chances de aprovação podem aumentar se a empresa entender a necessidade do valor.

A Creditas concede condições diferenciadas justamente porque você aliena seu imóvel. Em outras palavras, o contratante assina um documento afirmando que, apenas em caso de não pagamento a instituição pode tomar o bem.

Lembrando que durante esse processo a posse da propriedade continua sua. Portanto, pode morar, alugar e até vendê-la. No entanto, para transferir, há duas possibilidades: você mesmo termina de quitar as parcelas restantes para então vender ou o novo comprador assume esse compromisso no lugar de pagar pelo bem.

Refinanciamento de Imóvel e Hipoteca são sinônimos?

Não. As duas funcionam de forma parecida, mas não funcionam da mesma maneira.

Na hipoteca o processo de tomada do imóvel envolve muito mais burocracia. A instituição tem custos altos e pode ter prejuízos em caso de inadimplência. Depende de decisões judiciais, que podem levar anos.

Por isso, hoje em dia o refinanciamento de imóvel é mais comum. Como é baseado na alienação fiduciária. Nesse caso, e empresa age extrajudicialmente, o que agiliza o procedimento.

No entanto, nas duas situações o bem vai para leilão se a dívida não for paga. E é muito comum haver diferença entre o valor avaliado pelo imóvel e o de fato pago à empresa. Portanto, a instituição não lucra com a tomada do bem.

É importante destacar que o objetivo das companhias é receber dinheiro dos clientes, não um imóvel.

Contrate em 4 passos

No Refinanciamento de Imóvel Creditas, até o dinheiro cair na sua conta é preciso passar por alguns estágios. Confira:

  1. Solicitação: hoje em dia é possível fazer uma simulação do empréstimo no site da instituição. Feito isso, você pode também solicitar pela internet, preenchendo alguns dados, ou pelo telefone, de acordo com cada empresa.
  2. Análise de crédito: nessa etapa ocorre análise da situação financeira do cliente, para ver se tem condições de arcar com as parcelas. Além de avaliar a quantia requerida. Se não estiverem adequados aos critérios da empresa, o pedido é barrado.
  3. Análise jurídica e avaliação do imóvel: os documentos de quem solicita passam por uma verificação e triagem. Paralelamente o bem é avaliado para então se tornar garantia do pagamento.
  4. Assinatura do contrato: depois de tudo aprovado, é liberado o documento de formalização do empréstimo para assinatura, chamado de CCB (Cédula de Crédito Bancário). O bem deve ser cadastrado no Cartório de Registro de Imóveis. O contrato deve ser entregue ao banco.

Após esses estágios o crédito é liberado na sua conta. Esse processo é mais demorado do que em outras modalidades, mas a espera vale a pena, para você ter acesso a condições mais justas.

É importante destacar que em alguns contratos da Creditas, aparece o nome de outras instituições financeiras. Isso porque a Creditas atua como correspondente bancário em alguns casos e não emite propriamente o crédito.

Documentação necessária

Uma das principais atitudes que agilizam todo o processo do Refinanciamento de Imóvel Creditas é ter toda a documentação atualizada. Quanto mais completa estiver a papelada, mais rápido será o processo e, consequentemente, a liberação do crédito na sua conta.

[bg_collapse view="link" color="#4a4949" icon="arrow" expand_text="Documentação Pessoal" collapse_text="Voltar" ]

Documentação Pessoal:

  • RG e CPF
  • Se solteiro, Certidão de Nascimento;
  • Se casado, Certidão de Casamento;
  • Nos casos que o regime de casamento for através de Comunhão Universal ou Total de Bens, deverá apresentar – Certidão de Registro do Pacto Antenupcial (devidamente averbada no cartório de imóveis);
  • Se separado/divorciado ou viúvo, Certidão de Casamento com a averbação da atual situação;
  • Comprovante de Residência atualizado (mês vigente/água, luz ou telefone fixo).
  • Comprovante de Renda (últimos três holerites ou seis últimos extratos bancários)
  • Declaração do Imposto de Renda Pessoa Física [/bg_collapse]

[bg_collapse view="link" color="#4a4949" icon="arrow" expand_text="Documentação do Imóvel" collapse_text="Voltar" ]

Documentação do Imóvel:

  • Matrícula do imóvel, caso possua vaga autônoma apresentar matrícula;
  • Capa de IPTU, constando a metragem do imóvel;
  • Declaração Negativa de Débitos de Condomínio. [/bg_collapse]

 

7 situações em que o refinanciamento pode ajudar

O Refinanciamento de Imóvel Creditas pode te ajudar em diversas situações. Em especial para trocar dívidas de juros elevados por uma mais barata, onde possa concentrar todos os débitos.

Mas, o ideal é fazer um planejamento financeiro para ter certeza de que a prestação do empréstimo cabe no seu orçamento. De acordo com a recomendação do Banco Central, o ideal é sua renda estar até 30% comprometida com dívidas.

Decidiu abrir ou investir no negócio próprio: se você não tem dinheiro suficiente para abrir uma empresa ou continuar investindo na sua, pode fazer um Refinanciamento de Imóvel Creditas. Muitos contratam para aumentar o capital de giro ou para reformar o local. Depois, com o próprio lucro do empreendimento pode quitar a dívida.

Entrou no rotativo do cartão de crédito: você pagou o valor mínimo (15% do total) da fatura do cartão de crédito. Então, o valor restante será somado à próxima parcela e acrescido de juros altíssimos. Para evitar os altos gastos, pode ser mais econômico pedir um empréstimo com juros baixos, como o refinanciamento, e quitar a fatura integralmente.

Não tem dinheiro para bancar os estudos: você está pensando em fazer um curso mais caro, como pagar a faculdade, mas o orçamento está apertado. O empréstimo te permite acessar quantias elevadas para você conquistar seu diploma.

Quer fazer uma viagem internacional: não é fácil juntar o dinheiro necessário para fazer uma grande viagem, como um intercâmbio. O refinanciamento para investir no seu futuro pode ser o jeito mais rápido e fácil de realizar esse sonho.

Se você não aguenta mais fugir do cheque especial: entrar no cheque especial significa que você ficou no vermelho e está gastando o limite pré-aprovado pelo banco. Esse recurso tem os juros mais altos do mercado, entre 12% e 13% ao mês. Então, em vez de ter uma quantia a mais, você acaba com uma despesa maior do que gostaria.

Precisa de um eletrodoméstico novo, mas não quer parcelar: nem sempre o parcelamento de um produto caro é a melhor saída - especialmente se os juros são altos. Você pode pagar à vista uma geladeira, uma TV e até um celular, com um empréstimo barato.

Mais de 30% da sua renda está comprometida com dívidas: você passou do limite recomendado pelo Banco Central. É possível encontrar parcelas mais baratas no empréstimo com garantia. Assim, você reduz bastante os débitos e consegue lidar com outras contas também.

 

Receba conteúdos exclusivos

Não perca nenhuma novidade, assine nossa newsletter.

  • 0 Likes
Revista Creditas

Escrito por Revista Creditas

Portal de conteúdo especializado em educação financeira.
Comentários [2]

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

ANDERSON CASSIUS REIS DOS SANTOS
ANDERSON CASSIUS REIS DOS SANTOS disse:
Gostaria de saber se o valor das parcelas são decrescentes?
26.04.2018 às 03:08
ROSA ENILDA ABREU GAUTERIO
ROSA ENILDA ABREU GAUTERIO disse:
Posso saber informações no banco da caixa econômica Federal
10.09.2019 às 00:07
Revista Creditas
Revista Creditas disse:
Oi, Anderson Na Creditas, trabalhamos com a tabela Price e SAC. Isto é, as parcelas podem ser constantes ou decrescentes. Quer saber mais sobre o empréstimo da Creditas? Podemos te colocar em contato com um consultor. Se preferir, você também pode fazer uma simulação em nosso site. É sem compromisso www.creditas.com.br Abraço!
22.05.2018 às 14:04
Revolucionando o empréstimo no Brasil

Quem somos

As transformações do mundo exigem cada vez mais de nós. Mais funções, mais responsabilidades, mais conhecimento. Mais, mais e mais. Mas o que Creditas e Exponencial têm a ver com isso?

Somos movidos por fazer a diferença na vida das pessoas. Se vivemos o tempo das informações ilimitadas, é nossa função criar e filtrar diferentes conteúdos aos nossos leitores, para que o conhecimento financeiro deles cresça exponencialmente.

Exponencial. Informação é fonte de crescimento.

A Creditas é uma plataforma digital que atua como correspondente bancário para facilitar o processo de contratação de empréstimos. Como correspondente bancário, seguimos as diretrizes do Banco Central do Brasil, nos termos da Resolução nº. 3.954, de 24 de fevereiro de 2011.

Creditas Soluções Financeiras Ltda. é uma sociedade limitada registrada sob o CNPJ/MF 17.770.708/0001-24, com sede na Av. Engenheiro Luís Carlos Berrini, 105, 12º andar Itaim Bibi, São Paulo – SP, 04571-010