Revolucionando o empréstimo no Brasil
Crédito e empréstimo

Quando vale a pena refinanciar veículo e como contratar

Escrito por Revista Creditas em 01.02.2017 | Atualizado em 04.07.2019

  • 0 Likes

Para realizar sonhos caros e acabar de vez com as dívidas uma solução é contratar crédito adequado às suas necessidades. Você pode usar um bem para conseguir o recurso, sem se desfazer dele. Se você refinanciar veículo, tem acesso a condições de pagamento diferenciadas. As taxas de juros são muito menores do que a média do mercado e os prazos mais extensos.

Com o refinanciamento de veículos, é possível levantar quantias elevadas. Para isso, no refinanciamento de veículo, você deixa seu carro em garantia. Funciona de forma parecida com o empréstimo com garantia. Ao refinanciar veículo, o cliente deixa o bem em alienação fiduciária. Isso significa que o automóvel passa para o nome da instituição, mas pode ser usado normalmente até a quitação total do débito.

Porém, para saber se está fazendo uma boa escolha, é importante saber em que momento contratar e quando é vantajoso. Para isso, o ideal é traçar um objetivo claro e entender quais características do empréstimo te atendem.  

 

Vale a pena refinanciar veículo?

Em quase todas as situações, o refinanciamento é uma boa alternativa. Por exemplo, para trocar dívidas caras por uma muito mais barata, com juros menores. Porque pagar altas taxas do cheque especial, que giram em torno de 13% ao mês, se você optar por 2,43% ao refinanciar veículo.

Uma vantagem é que o dono pode usufruir do bem normalmente durante esse período. Ou seja, não precisa vender o bem, consegue dinheiro apenas alienando. Mesmo que a propriedade seja sua, mas outra pessoa usufrua dela, pode colocar em garantia. O importante é estar no seu nome.

Costuma ser muito usado principalmente para sair das dívidas. Chama refinanciamento porque você faz um novo empréstimo para quitar outro débito. É vantajoso, se trocar uma dívida com altos juros por uma mais barata. Além disso, você pode concentrar tudo que deve em uma instituição só, evitando negociações com várias.

O ideal é solicitar quando se tem objetivos definidos. Por exemplo, é possível direcionar para reformar sua casa, casar, abrir um negócio ou reequilibrar as finanças. O importante é se perguntar exatamente por quê você quer contratar e de quanto necessita.

O melhor é fazer um planejamento financeiro para ver se tem como pagar. Avalie o que recebe, gasta e os compromissos financeiros. Lembre-se de que o valor das parcelas deve caber na sua renda mensal. Só vale a pena se você conseguir quitar sem apertar o orçamento.

A instituição deve ser séria e segura. Isso pode ser garantido com algumas precauções, principalmente pela internet. Assim, evita fraudes e golpes.

Veja como a empresa é apontada pelas redes sociais, na mídia e no Reclame Aqui. Também tenha certeza de que está escrito “seguro” ao lado esquerdo do campo da URL do site. Você ainda pode conferir uma lista completa dos cuidados importantes com instituições.

 

Como fazer o refinanciamento

Para conseguir refinanciar veículo, é preciso passar por algumas etapas e entregar documentação específica. Entenda como funciona o refinanciamento.

Documentos necessários

A documentação é facilmente levantada e bastante usada no dia a dia:

  •  RG e CPF ou CNH (Carteira de Habilitação)
  •  Certificado de Registro Nacional (CRV) do veículo
  •  Documento Único de Transferência (DUT) do veículo
  •  Comprovante de renda
  •  Comprovante de residência

 

Etapas do processo

 

  1. Solicitação: hoje em dia é possível fazer uma simulação do empréstimo no site da instituição. Feito isso, você pode também solicitar pela internet, preenchendo alguns dados, ou pelo telefone, de acordo com cada empresa.
  2. Análise de crédito: nessa etapa ocorre análise da situação financeira do cliente, para ver se tem condições de arcar com as parcelas. Além de avaliar a quantia requerida. Se não estiverem adequados aos critérios da empresa, o pedido é barrado.
  3. Análise jurídica e vistoria do veículo: os documentos de quem solicita passam por uma verificação e triagem. Paralelamente o bem é avaliado de acordo com a Tabela Fipe ou Molicar, para então se tornar garantia do pagamento.
  4. Assinatura do contrato: depois de tudo aprovado, é liberado o documento de formalização do empréstimo para assinatura. O contrato deve ser entregue à instituição financeira.

Passado esses estágios, o crédito é liberado na sua conta corrente. O processo de refinanciar um veículo é um pouco demorado e pode levar um mês ou mais. Porém, a espera vale a pena porque os juros são muito baixos e você tem bastante tempo para pagar.

É importante destacar que muitas instituições que fecham o contrato não emitem o crédito. Para conseguir o recurso, fazem parcerias com bancos e financeiras. Por isso, o documento de formalização pode chegar até o cliente com nomes de outras empresas. Se tiver qualquer dúvida sobre isso, contate a instituição. Não assine nada antes de entender todas as partes do acordo.

Onde refinanciar

Você pode refinanciar veículo em instituições tradicionais, como bancos e financeiras, ou em empresas mais modernas. O mercado vem mudando e muitas fintechs, companhias de tecnologia focada em finanças, têm se destacado. Esse tipo de empresa é marcada pela flexibilidade, modernização e melhoria dos serviços.

O foco é fazer parte da contratação pela internet, ganhar tempo e evitar deslocamentos. Além disso, essas instituições buscam oferecer condições de pagamento mais vantajosas, com taxas menores.

A Creditas é uma das fintechs que mais se destaca e cresce no mercado. Em especial no empréstimo com garantia de imóvel e veículo. Tem o objetivo de reduzir os juros, melhorar a experiência do cliente e tornar-se mais vantajosa que o empréstimo pessoal sem garantia.

Se colocar o carro para assegurar o pagamento, você consegue até 90% do valor dele.  Chama atenção também por estender o prazo em até 60 meses, com taxa mínima de 1,75% ao mês. Se precisar de mais dinheiro e tiver um imóvel em seu nome, é possível receber até 60% dele. Pode quitar em 240 meses e com uma taxa mínima fica em 1,15% ao mês.

SOLICITE UM EMPRÉSTIMO NA CREDITAS

Receba conteúdos exclusivos

Não perca nenhuma novidade, assine nossa newsletter.

  • 0 Likes
Revista Creditas

Escrito por Revista CreditasPortal de conteúdo especializado em educação financeira.

Revolucionando o empréstimo no Brasil

Quem somos

As transformações do mundo exigem cada vez mais de nós. Mais funções, mais responsabilidades, mais conhecimento. Mais, mais e mais. Mas o que Creditas e Exponencial têm a ver com isso?

Somos movidos por fazer a diferença na vida das pessoas. Se vivemos o tempo das informações ilimitadas, é nossa função criar e filtrar diferentes conteúdos aos nossos leitores, para que o conhecimento financeiro deles cresça exponencialmente.

Exponencial. Informação é fonte de crescimento.

A Creditas é uma plataforma digital que atua como correspondente bancário para facilitar o processo de contratação de empréstimos. Como correspondente bancário, seguimos as diretrizes do Banco Central do Brasil, nos termos da Resolução nº. 3.954, de 24 de fevereiro de 2011.

Creditas Soluções Financeiras Ltda. é uma sociedade limitada registrada sob o CNPJ/MF 17.770.708/0001-24, com sede na Av. Engenheiro Luís Carlos Berrini, 105, 12º andar Itaim Bibi, São Paulo – SP, 04571-010