Exponencial Exponencial
Exponencial Exponencial
  • Finanças Pessoais

    Menos é mais: como o minimalismo pode ajudar suas finanças

    A palavra do momento é minimalismo. Viver com menos, ser um consumidor consciente, focado em suas finanças pessoais, que sabe medir o equilíb ...
| Atualizado em: 07/08/2019

Em entrevista com Marina Maia, criadora de conteúdos sobre minimalismo e consumo consciente, explicamos como ter um estilo de vida minimalista e com menos gastos

A palavra do momento é minimalismo. Viver com menos, ser um consumidor consciente, focado em suas finanças pessoais, que sabe medir o equilíbrio entre o consumo, lazer e desejos. É. Em meio a tantas novidades do mercado, essa parece não ser uma tarefa fácil. Mas quem adere esse estilo de vida afirma que é um caminho sem volta.

Exemplo disso é Marina Maia, especialista em consumo consciente e minimalismo. Adepta ao movimento há seis anos, ela conta que o padrão de vida dela, interesses pessoais e hábitos de consumo mudaram totalmente quando incorporou o conceito minimalista em sua vida. Passou de um apartamento de três quartos para um menor. Trocou de carro, se desfez de roupas que não usava mais e sentiu as diferenças em suas finanças. 

“Quando você adota esse estilo de vida, você pensa melhor antes de comprar algo e de gastar dinheiro”, conta Marina. “Isso acaba refletindo diretamente nas suas contas, planejamento e finanças.” 

Assine a Newsletter Creditas!

Receba conteúdos exclusivos dos nossos especialistas em finanças

A Exponencial agradece o seu contato \o/

Favor preencher todos os campos

Minimalismo e o impacto nas finanças

Não é novidade que o brasileiro tem dificuldade de organizar as finanças. Em pesquisa elaborada pelo Serviço de Proteção de Crédito (SPC Brasil), em parceria com a Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL), foi revelado que 45% dos brasileiros admitem não controlar o orçamento

Essa falta de hábito em avaliar as contas e montar um planejamento financeiro – assim como o estilo de consumo desenfreado – reflete em outras áreas: outra avaliação feita pelas mesmas instituições demonstra que maioria dos brasileiros vive no limite do orçamento. A pesquisa aponta que 64% dos consumidores raramente – ou nunca – têm dinheiro sobrando.

Leia também – Minimalismo: como essa tendência te ajuda a economizar dinheiro

Aos que querem ter um controle maior das finanças e ser adepto a um estilo de vida mais simples, vale conhecer os preceitos do minimalismo. Segundo Marina, o primeiro passo para deixar o consumismo exacerbado de lado é começar desapegando.

“Comece por um cômodo, por partes”, explica. “Conforme você for se desfazendo das coisas, a ação será natural e levará a outra. Quando você notar, estará vivendo com menos.” 

Para entender como o minimalismo ajuda a impactar as finanças, fizemos uma entrevista em vídeo com a especialista. Confira, a seguir, e anote as dicas:

 

Postado por Paula Bezerra

Editora da Revista Digital Creditas, jornalista de coração e alma. Escreve sobre finanças, inovação, economia, cultura e o que mais der na telha.
Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicações Recentes

Como comprar um imóvel? Saiba o que avaliar antes da aquisição
Como comprar um imóvel? Saiba o que avaliar antes da aquisição
Consórcio de carros: descubra quando é uma boa opção
Consórcio de carros: descubra quando é uma boa opção
Melhor empréstimo: como comparar e escolher o ideal para você
Melhor empréstimo: como comparar e escolher o ideal para você
Veja mais