Revolucionando o empréstimo no Brasil
Crédito e empréstimo

Consórcio de carros: descubra quando é uma boa opção

Saiba como funciona um consórcio de carros e conheça mais sobre essa modalidade de crédito que tem crescido de forma acelerada

Escrito por Vanessa Ferreira em 20.09.2019 | Atualizado em 15.10.2019

  • 0 Likes

Com a oscilação constante dos juros de financiamentos, o consórcio de carros se tornou uma alternativa para realizar o sonho de comprar o primeiro automóvel ou até mesmo trocar de carro.

Mais que isso: um levantamento recente da Serasa Experian mostrou que o financiamento de carro é a terceira maior causa de dívida dos brasileiros, perdendo apenas para o cartão de crédito e carnês. 

A falta de planejamento e de organização financeira são os principais vilões desse mau endividamento, fazendo do consórcio uma opção viável. Mas, atenção: embora seja uma alternativa mais barata aos financiamentos, é importante ficar atento a alguns detalhes antes de assinar o contrato.

A seguir, entenda como funciona um consórcio de carros e as principais vantagens e desvantagens dessa modalidade de crédito.

O que é consórcio de carros?

O sistema de consórcio funciona como uma espécie de economia colaborativa, em que um grupo de pessoas se reúne para alcançar um objetivo em comum, seja a compra de um bem, uma viagem ou a contratação de um serviço. 

No caso de um consórcio de carros o grupo deve estar interessado em comprar um veículo do mesmo valor e número de parcelas. Para realizar esse objetivo, cada pessoa do grupo assina um contrato em que se compromete a contribuir com um valor mensal. 

Quem faz toda a intermediação é uma administradora de consórcios, que também fica responsável  por acompanhar os pagamentos.

Leia também | Economia colaborativa: conheça a tendência que movimenta US$ 150 bi

Como funciona o consórcio de carros?

Diferente de um empréstimo, o consórcio de veículos funciona como uma poupança programada, em que você não adquire o bem de imediato. A contemplação do benefício ocorre por meio de sorteios ou lances. 

Por exemplo, imagine que um grupo de 100 pessoas deseja comprar um veículo que custa 50 mil reais. Eles desejam parcelar o pagamento em 60 vezes, mas não estão dispostos a encarar os juros do financiamento.

Nesse caso, cada membro do grupo contribuiria com o pagamento mensal de 500,00 reais (além das taxas e encargos do consórcio), o que corresponderia a 1/100 do valor total do carro.

Dessa forma, com as contribuições mensais é possível comprar um veículo de 50 mil reais por mês e cada membro do grupo pode ser contemplado mensalmente com o valor disponível para a compra.

Taxa de administração

Embora o consórcio de carros esteja isento de juros, cada integrante do grupo deve pagar a taxa de administração para a administradora de consórcio. Geralmente, essa taxa varia entre 14% e 20% do valor total pago.

Além disso, existem outras despesas e encargos financeiros, como o fundo de reserva, que é destinado para cobrir perdas em caso de inadimplência do grupo, seguro de vida, entre outros encargos. É importante lembrar que o seguro de vida não é obrigatório em caso de consórcio de veículos.

Contemplação no consórcio

O participante contemplado recebe uma carta de crédito no valor contratado no início do consórcio. Isso pode ocorrer de 3 formas:

  1. Sorteios: o grupo de consórcio participa de sorteio mensais. Dessa forma, todos os meses um integrante do grupo recebe a carta de crédito. É importante lembrar que é preciso ter paciência para participar desse tipo de negócio, já que não há garantias de que você será contemplado logo nos primeiros meses.
  2. Lances: a segunda forma de contemplação são os lances feitos por quem não deseja aguardar os sorteios para ser contemplado. O lance funciona por meio do adiantamento de parcelas. Nesse caso, quem adiantar o maior valor será selecionado.
  3. Ao final das parcelas: após a quitação de todas as parcelas do consórcio, todos os participantes que não foram contemplados por sorteio ou lances receberão a carta de crédito.

Carta de crédito

Não, você não leu errado: o consorciado contemplado não recebe o veículo ou o valor em dinheiro. Em vez disso, ele recebe a chamada carta de crédito.

Portanto, ele deve ir até a loja escolhida para a compra do veículo, escolher o modelo que deseja e apresentar a carta de crédito para pagamento. Todo o procedimento de pagamento do carro é realizado pela administradora do consórcio.

Se o modelo escolhido for mais caro que o valor do consórcio, é necessário realizar o pagamento da diferença. Por outro lado, se o veículo for mais barato, é possível usar o valor adicional para quitar parcelas do próprio consórcio ou, ainda, para pagar o IPVA ou o seguro do veículo, por exemplo.

Leia também | Guia do IPVA: tudo o que você precisa saber sobre o imposto

Como fazer um consórcio de carros?

Para aderir a um consórcio de carros, basta fazer uma simulação no site na administradora de consórcios escolhida para saber o valor e quantidade das parcelas. A simulação pode ser feita presencialmente ou online. 

Você pode simular a partir da quantidade de meses para pagamento, do valor do crédito ou do melhor valor de parcela. Ao aceitar as condições, você será incluído em um grupo de consórcio e deverá realizar os pagamentos mensais, conforme acordado em contrato.

Onde encontrar o melhor consórcio de automóveis?

Para identificar qual o melhor consórcio de carros é importante realizar uma pesquisa e tomar a decisão com cautela. Isso porque a taxa de administração pode variar bastante entre uma instituição e outra.

O melhor consórcio de automóveis é aquele que oferece a menor taxa de administração e que são administrados por empresas idôneas, com boa reputação no mercado e que estejam autorizadas pelo Poder Público a funcionar. Vale a pena consultar opiniões de clientes e reclamações antes de fechar negócio com a Administradora.

Leia também | Seguro de carro: entenda a variação de preço entre os veículos

Vantagens do consórcio de automóveis

Como vimos, o consórcio é hoje uma das formas mais acessíveis para quem quer comprar ou trocar de carro e, por isso, tem atraído cada vez mais a atenção do consumidor. Isso acontece, evidentemente, em razão das grandes vantagens que ele oferece, tais como:

  • Não tem incidência de juros

Embora existam custos como taxa de administração, adesão, entre outras, a principal vantagem do consórcio é que não há juros. 

  • Parcelamento flexível

O consórcio pode ser facilmente adaptável ao seu bolso, já que você pode escolher o número e, consequentemente, o valor das parcelas a serem pagas.

Só é preciso ficar atento, porque com muitas parcelas pode ser que as taxas administrativas sejam maiores. Portanto, leia o contrato com atenção e tire todas as suas dúvidas antes de assiná-lo.

  • Permite compras à vista

Ao ser contemplado, a carta de crédito no valor total do consórcio é entregue. Com a carta em mãos, é possível pagar à vista pelo bem escolhido, um carro por exemplo. E sempre que um pagamento é feito à vista a margem para negociações é melhor, com grandes chances de conseguir um desconto. 

Desvantagens do consórcio de automóveis

Antes de avaliar qualquer modalidade de empréstimo e/ou consórcio, é preciso ficar atento aos prós e contras. Assim, você conseguirá analisar a melhor opção para o seu momento atual. 

No caso do consórcio, listamos algumas das desvantagens: 

  • A contemplação pode demorar

A contratação de um consórcio pode ser um compromisso a longo prazo. Portanto, se você tem pressa em adquirir o bem é melhor procurar outras opções já que nem todos têm a sorte de serem contemplados no início do consórcio.

  • É um investimento de risco

Caso haja inadimplência acima da esperada pela administradora, pode ser que seja necessário rever os valores das parcelas. As administradoras cobram uma taxa para criar um fundo de inadimplência, que pode ser cerca de 5%, mas se ela for maior do que isso, alguém sairá no prejuízo. É importante, portanto, verificar com a administradora de consórcio escolhida sobre os impactos de uma inadimplência do grupo.

Consórcio de carros: vale a pena?

O consórcio de veículos é uma excelente opção para quem não quer adquirir o bem por meio de um financiamento bancário - mas, também, não tem o dinheiro na mão para realizar a compra à vista. 

Se você deseja ter acesso ao veículo de imediato, talvez o consórcio não seja a melhor opção. Nesse caso, além do financiamento bancário, existem outras alternativas de crédito com qualidade e que não comprometam o seu orçamento mensal.

Confira as opções de empréstimo: 

Empréstimo com garantia

O empréstimo com garantia exige um bem como garantia, como um imóvel. Justamente por isso, os juros são mais baixos, se comparados às demais modalidades de crédito. Por exemplo, na Creditas, a taxa mínima para o empréstimo com garantia de imóvel é de 0,99%.

Outro ponto positivo é que o valor solicitado pode ser bem alto. No caso do imóvel é permitido contratar de 30 mil reais até 60% do valor avaliado e pagar em até 240 meses. Se a garantia for um veículo, o empréstimo vai de 2 mil reais até 90% do valor avaliado e o prazo máximo é de 48 meses. Poucas instituições oferecem essas condições de pagamento.

Empréstimo consignado

O empréstimo consignado, que também é uma modalidade de empréstimo com garantia, é descontado diretamente do salário ou do benefício do INSS. Por isso, é próprio para funcionários públicos ou privados e aposentados. 

Como o pagamento é automático você não corre o risco de esquecer e acumular mais dívidas. As taxas mensais variam entre 2% e 3%. O empréstimo consignado privado da creditas oferece taxa a partir de 1,29% ao mês.

Ainda com dúvidas sobre consórcio de carros? Compartilhe com a gente nos comentários!

Receba conteúdos exclusivos

Não perca nenhuma novidade, assine nossa newsletter.

  • 0 Likes
Vanessa Ferreira

Escrito por Vanessa Ferreira

Revolucionando o empréstimo no Brasil

Quem somos

As transformações do mundo exigem cada vez mais de nós. Mais funções, mais responsabilidades, mais conhecimento. Mais, mais e mais. Mas o que Creditas e Exponencial têm a ver com isso?

Somos movidos por fazer a diferença na vida das pessoas. Se vivemos o tempo das informações ilimitadas, é nossa função criar e filtrar diferentes conteúdos aos nossos leitores, para que o conhecimento financeiro deles cresça exponencialmente.

Exponencial. Informação é fonte de crescimento.

A Creditas é uma plataforma digital que atua como correspondente bancário para facilitar o processo de contratação de empréstimos. Como correspondente bancário, seguimos as diretrizes do Banco Central do Brasil, nos termos da Resolução nº. 3.954, de 24 de fevereiro de 2011.

Creditas Soluções Financeiras Ltda. é uma sociedade limitada registrada sob o CNPJ/MF 17.770.708/0001-24, com sede na Av. Engenheiro Luís Carlos Berrini, 105, 12º andar Itaim Bibi, São Paulo – SP, 04571-010