Exponencial Exponencial
Exponencial Exponencial
  • Casamento

    Como ter o casamento dos sonhos – e usar o empréstimo a seu favor

    No dia 16 de fevereiro deste ano, Dulcineia de Lima, analista de recursos humanos, daria um grande passo em seu relacionamento com Alexandre Almeida: após cinco anos de relacionamento, eles escolheram a data para oficializa ...
| Atualizado em: 17/05/2019

Promover uma festa para celebrar a união do casal é o desejo de muitos brasileiros. Nesse sentido, o crédito pode ser útil para pagar todos o serviços necessários à vista ou negociar descontos

No dia 16 de fevereiro deste ano, Dulcineia de Lima, analista de recursos humanos, daria um grande passo em seu relacionamento com Alexandre Almeida: após cinco anos de relacionamento, eles escolheram a data para oficializar, em meio a familiares e amigos, a união do casal. Planejado desde o início de 2017, a objetivo era que a festa contasse com tudo o que os noivos tivessem direito: buffet, fotografia, equipe de filmagem, decoração impecável e etc. Mas, conforme os serviços eram fechados, Dulcineia e Alexandre perceberam que, mesmo estruturando o orçamento com antecedência, eles precisariam de uma verba maior para atender todos os desejos para a festa. A três meses da data especial – e uma dívida de 7 000 reais no cheque especial – eles encontraram no empréstimo com garantia a saída para ter o casamento dos sonhos.

“Sonhamos e planejamos a festa como queríamos, mas a fotografia e o buffet ficaram muito caros e começaram a nos complicar no cartão”, diz Dulcineia. “Então, optei pelo empréstimo com garantia de carro da Creditas pelo processo ser mais fácil e rápido”, completa.

Para isso, eles escolheram usar o carro que a analista de RH tem, para fechar o empréstimo para o casamento e concretizar o sonho da festa. Com o empréstimo de 14 000 reais – que ela e o marido pretendem até antecipar a quitação – a moradora de Itapevi, na Grande São Paulo, ganhou mais tranquilidade para planejar um dos momentos mais especiais da vida.

“Havia procurado outros meios de empréstimo e não consegui obter o mesmo valor (dos juros)”, conta Dulcineia de Lima. “Esse empréstimo pagou o cartão e ainda ajudou na viagem de lua de mel”, completa.

A história de Dulcineia de Lima é um exemplo de como o empréstimo para casamento pode ajudar a realizar projetos pessoais, sem prejudicar a saúde financeira. “O empréstimo é bom para um sonho, mas sempre deve-se sempre pagar o mínimo de juros para não se enrolar com as contas no futuro”, afirma Ricardo Teixeira, coordenador do MBA em Gestão Financeira da Fundação Getúlio Vargas (FGV/RJ).

Assine a Newsletter Creditas!

Receba conteúdos exclusivos dos nossos especialistas em finanças

A Exponencial agradece o seu contato \o/

Favor preencher todos os campos

Planejando o casamento dos sonhos: como começar

O primeiro passo para se fazer a festa de casamento dos sonhos é sentar com o(a) parceiro(a) e definir uma data que permita fazer o planejamento sem pressa. Isso ajudará no momento de colocar no papel todos os itens que serão necessários para preparar a cerimônia, além de dar tempo para fazer uma boa pesquisa de preços.

“Esse planejamento deve ser feito com a maior antecedência possível, porque você tem condições de procurar fornecedores e prestadores de serviço com preços mais em conta”, justifica Ricardo Teixeira. “Isso é bom para poder negociar descontos”, completa.

O número elevado de itens necessários para preparar uma festa de casamento pode representar um grande risco às finanças. Fotógrafos, músicos, maquiadores, cabeleireiro e barbeiro, massagistas e mestres de cerimônia são alguns exemplos. Essa lista para a celebração resulta, em média, em um custo de 40 000 reais, segundo um levantamento da empresa Quem Casa Quer Site.

Por conta disso, a dica é que se comece a calcular os gastos pelos detalhes indispensáveis. Ou seja: aquilo que é estritamente necessário para que a festa aconteça.

Relação de convidados para o buffet, trajes, música e salão de festas são alguns itens que devem estar no topo da lista. Detalhes como lembrancinhas aos convidados e fotografias pré e pós festa podem entrar nessa conta depois – se o orçamento permitir.

“Veja até onde a lembrancinha ou até mesmo os books de fotografia serão úteis. Podem valer o momento, mas poderão não fazer tanta diferença no futuro e pesar na conta”, aconselha Teixeira.

Uma vez definida, a lista provavelmente será modificada alguma vez por conta de algo novo que se queira colocar ou retirar da festa. No entanto, a recomendação é que, durante as compras e contratações, o casal busque ao máximo não mudar de ideia. Isso previne alterações expressivas e o descontrole com o orçamento.

Como usar o empréstimo para incrementar/realizar a festa?

O casal que não tiver recursos próprios suficientes para a festa de casamento dos sonhos pode tomar fôlego financeiro com um empréstimo para casamento.

O dinheiro em mãos possibilita o pagamento à vista de tudo o que for relacionado a união, facilitando ‘o choro’ por descontos. Porém, mesmo que o recurso seja para a realização de um sonho, o empréstimo deve ser tratado de forma mais racional do que emocional.

O planejamento consciente evita que se pegue mais dinheiro do que o necessário e se pague juros excessivos pelas horas de festa, gerando um mal endividamento. O montante pode ser usado também para segurança caso haja algum imprevisto.

Mas atenção: é recomendado definir uma margem pequena, de até 10% a mais do valor total, para gastos emergenciais. “Procure orçar o mínimo necessário para o empréstimo para casamento. Sempre pense no que é efetivamente importante e evite os excessos ao mínimo para não fugir do controle”, alerta Ricardo Teixeira.

O especialista da FGV/RJ alerta também para os casos em que os noivos optam por deixar a festa na mão de empresas especializadas. No entanto, a comodidade pode ser um fator de risco para que o orçamento final se torne exorbitante – ocasionando uma tomada de empréstimo além do que o bolso pode aguentar.

Portanto, deve-se estar em contato constante com o consultor responsável pelo projeto e estabelecer um teto para investimento na celebração.

“Algumas empresas aproveitam o momento de emoção do casal e fazem uma festa maravilhosa, mas contratam além do necessário”, explica Teixeira. “Isso pode refletir no empréstimo e ultrapassar o valor que eles (os noivos) podem pagar”, completa.

Qual modalidade de empréstimo devo escolher?

Definido o custo da festa, o próximo passo é pesquisar por modalidades mais saudáveis para realizar o empréstimo para casamento. Ou seja, aquelas que contam com com juros mais baixos e número estendido de parcelas. Isso evita que o comprometimento da renda mensal do casal atrapalhe os planos futuros.

Nesse sentido, o empréstimo online com garantia pode ser muito útil. Na modalidade, o bem de um dos noivos, como um automóvel ou um imóvel, pode ser utilizado a favor deles mesmos. O oferecimento dos ativos como garantia para a instituição financeira acaba por baixar a taxa de juros que será cobrada sobre o crédito, aumentar o tempo para quitação e diminuir o valor das parcelas mensais.

Familiares do casal também podem ajudar sendo tomadores do empréstimo com garantia ou ainda participando como um avalista – que deve ser o pai, mãe ou irmãos. O parente que entra nessa condição aceita somar a renda e/ou ser responsável pelo pagamento das parcelas.

“Eventualmente o dinheiro que o casal economizar com os juros poderá ser usado na lua de mel, que rende lembranças tão ou até mais marcantes”, diz Ricardo Teixeira.

Outras opções que podem ser consultadas são o empréstimo consignado e, até mesmo, aderir as cotas ‘de financiamento amigo’ para o casamento. No consignado, as parcelas são descontadas diretamente da folha de pagamento de quem pegou o dinheiro emprestado. Já as cotas funcionam como um presente de matrimônio, onde os convidados dão um valor de contribuição para a festa.

Com o orçamento da festa saudável e o comprometimento da renda menor para pagar o empréstimo, sobra mais tempo para que o casal se preocupe apenas em conter o ‘friozinho na barriga’ e curtir a festa – assim como fez Dulcineia de Lima.

“Saiu tudo perfeito, como o planejado. Pena que passa muito rápido e os noivos quase não sentem de tanto nervoso”, descreveu Dulcineia. “Foi um momento muito especial e que com certeza ficará para sempre em nossas vidas”.

Postado por Thiago Fadini

Repórter da Revista Digital Creditas. Conectado à economia, política, novos negócios e, nas horas vagas, metido a comentarista esportivo.
Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicações Recentes

Como comprar um imóvel? Saiba o que avaliar antes da aquisição
Como comprar um imóvel? Saiba o que avaliar antes da aquisição
Consórcio de carros: descubra quando é uma boa opção
Consórcio de carros: descubra quando é uma boa opção
Melhor empréstimo: como comparar e escolher o ideal para você
Melhor empréstimo: como comparar e escolher o ideal para você
Veja mais