Exponencial Exponencial
Exponencial Exponencial
  • Finanças

    Como economizar no supermercado? Confira 10 dicas práticas

    Em tempos de economia desaquecida e com perspectivas de baixo crescimento, o brasileiro precisa ter jogo de cintura pa ...
| Atualizado em: 18/09/2019

No primeiro semestre, vendas nos supermercados brasileiros cresceram 2,64%. Saiba quais são os itens que mais encareceram e como gastar menos nas compras

Em tempos de economia desaquecida e com perspectivas de baixo crescimento, o brasileiro precisa ter jogo de cintura para amenizar os efeitos do cenário pouco animador no bolso. Isso envolve equilibrar os gastos do dia a dia e tomar medidas para reduzir até os custos mais básicos, como economizar no supermercado.

Aliás, essa é uma das despesas que merecem atenção especial do consumidor, que está gastando mais com esse tipo de compra. Prova disso é que, apenas no primeiro semestre de 2019, as vendas nos supermercados brasileiros saltaram 2,64%, segundo o Índice Nacional de Vendas da Abras (Associação Brasileira de Supermercados). 

Em junho, o crescimento foi ainda mais expressivo: houve alta de 4,04% em comparação com o mesmo mês de 2018 – período em que o setor teve seu desempenho prejudicado pela greve dos caminhoneiros. E, apesar das sucessivas revisões de crescimento da economia para pior, a Abras manteve a perspectiva de vendas para 2019 em 3,0%.

Embora a expectativa da entidade pareça contraditória, alguns fatores contribuem para que as previsões sejam otimistas. A liberação do FGTS e do PIS/Pasep, por exemplo, são algumas das apostas da Abras para impactar de maneira positiva o setor supermercadista. 

Assine a Newsletter Creditas!

A Exponencial agradece o seu contato \o/

Favor preencher todos os campos

Como economizar no supermercado?

Se para os supermercados as vendas em alta representam uma boa notícia, para o consumidor, o dado pode servir de alerta. 

O economista e orientador financeiro Alessandro Azzoni chama a atenção para uma questão comportamental importante: quando perdem poder de compra e não têm dinheiro suficiente para adquirir itens de valor agregado – como uma TV ou um celular novo, por exemplo -, as famílias tendem a direcionar o consumo impulsivo para as despesas mais básicas, como o supermercado. “É uma espécie de compensação por não poder comprar outras coisas”, ele afirma. 

Além disso, o especialista destaca a mudança de hábitos da população nos últimos anos como fator determinante para o sucesso dos supermercados. “Desde a crise, as pessoas passaram a fazer menos refeições fora e estão voltando a preparar mais comida em casa”, diz o economista, que dá algumas instruções para o consumidor economizar nas compras. 

Dicas para economizar dinheiro no supermercado

Em junho, o preço da cesta de produtos Abrasmercado cresceu 1,15%. Com o aumento, o valor passou de R$ 481,56 para R$ 487,10. No acumulado dos últimos 12 meses, o preço da cesta cresceu de maneira ainda mais significativa: 6,52%. Entre os produtos que mais encareceram estão a farinha de mandioca, tomate, pernil e carne traseiro.

Mas, mesmo quando os preços estão em alta, é possível gastar menos adotando alguns cuidados. Confira, a seguir, 10 dicas e entenda como economizar no supermercado:

1 – Faça uma lista do que precisa comprar antes de sair de casa 

Listar os itens que você precisa é interessante porque evita a aquisição de itens desnecessários e ainda propicia ganho de tempo. Isso porque, com os produtos anotados, fica mais fácil pegar todos de uma vez em uma sessão, em vez de ficar dando voltas no supermercado. 

Sem uma anotação, o consumidor pode acabar comprando produtos que já tem em casa, e a chance de gerar desperdício aumenta. Por isso, também é interessante observar a despensa pouco antes de sair de casa.

2 – Saiba o quanto pode gastar e estabeleça um limite

Tão importante quanto ter uma lista de itens em mãos é saber, antes de chegar ao supermercado, quanto se pode gastar com a compra. Assim, é possível controlar o orçamento e evitar grandes surpresas no caixa.

3 – Pense no cardápio da semana 

Para fazer a lista do supermercado, montar um cardápio da semana pode facilitar. Com essa organização, você já tem em mente os ingredientes necessários para as refeições dos dias seguintes e observa com mais facilidade o que realmente está faltando para o preparo.

4 – Fique atento aos dias de promoções

Alguns supermercados preparam ofertas especiais em dias específicos da semana. Levando em consideração o seu cardápio e lista de compras, dá para escolher o melhor dia para ir ao supermercado e encontrar preços mais atrativos. Mas, lembre-se: aproveitar promoções deixa de ser interessante quando você acaba jogando itens fora. 

Faça as contas para entender se as ofertas do dia são realmente interessantes ou se os preços baixos já estão na média praticada pela marca, por exemplo. Em alguns casos, o consumidor acredita que está pagando barato quando, na verdade, o preço exposto diz respeito a uma marca alternativa, com produtos de qualidade inferior.

5 – Observe os preços dos supermercados da sua região

Comparar os preços praticados nos supermercados da sua região deve ser uma prática constante. É comum, por exemplo, que uma rede venda carnes por valores mais baixos e outra, produtos de limpeza mais acessíveis. Identifique essas diferenças e verifique a possibilidade de fazer suas compras em mais de um lugar.

6 – Evite compras mensais ou em intervalos grandes 

Outra maneira de economizar no supermercado é evitar fazer compras muito grandes ou mensais. Quando o carrinho fica muito cheio, você corre o risco de incluir produtos que não vai precisar. Além disso, a conta pode fugir do seu controle e, no fim, você acaba gastando mais do que deveria.

7 – Considere comprar itens no atacado

Também é possível economizar ao comprar no atacado. Mas lembre-se da dica anterior: não se empolgue e compre mais do que deve. Avalie o que realmente é possível comprar no atacado, como produtos não perecíveis ou materiais de limpeza e higiene.

Até para as famílias menores, procurar itens nesses supermercados pode valer a pena se os membros têm o hábito de levar comida para o trabalho e usam mais produtos, por exemplo. 

Lembre-se de que conferir a data de validade dos produtos é fundamental. Comprar itens em grandes quantidades para aproveitar o preço baixo não resolve se eles forem parar no lixo.

8 – Evite ir ao supermercado com fome

Quando você está com fome, o desejo por alimentos é maior. No supermercado, essa situação incentiva o aumento do consumo, portanto, evite ir às compras de estômago vazio.

9 – Não se deixe enganar pelas embalagens

Alguns produtos, especialmente os que não são se enquadram na categoria de primeira necessidade, têm embalagens mais bonitas que seduzem o consumidor a comprar. Fique de olho para não acabar levando algo por  impulso ao ser atraído pela embalagem ou “brindes”.

10 – Fique atento à disposição dos produtos

Os supermercados trabalham com a organização dos produtos de maneira estratégica. Nas prateleiras mais próximas do olhar do consumidor normalmente ficam os itens que as empresas querem vender mais, e essa é uma artimanha para induzir o consumo. 

A dica parece simples, mas é eficaz: preste atenção a todas as gôndolas e etiquetas para fazer escolhas mais inteligentes e perceba como economizar no supermercado vai ficar mais fácil. 

 

 

 

Postado por Flávia Marques

Repórter do Portal Exponencial, jornalista e curiosa. Gosta de observar, absorver e, diariamente, dividir o que aprende escrevendo.
Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicações Recentes

Como comprar um imóvel? Saiba o que avaliar antes da aquisição
Como comprar um imóvel? Saiba o que avaliar antes da aquisição
Consórcio de carros: descubra quando é uma boa opção
Consórcio de carros: descubra quando é uma boa opção
Melhor empréstimo: como comparar e escolher o ideal para você
Melhor empréstimo: como comparar e escolher o ideal para você
Veja mais