Revolucionando o empréstimo no Brasil
Creditas
Creditas
Finanças

Ano novo sem dívida: dê adeus ao nome sujo em 2019

Mais de 60 milhões de brasileiros estão inadimplentes, segundo a Serasa. Saiba como se organizar para começar o ano novo sem estar negativado

Escrito por Paula Bezerra em 07.12.2018 | Atualizado em 29.03.2019

  • 0 Likes

Para muitos, a passagem de ano é um momento de renovação e de planejamentos. Traçar metas para os próximos 365 dias, focar em novas oportunidades e desafios. O otimismo paira no ar. Esse cenário de renovação também é uma boa época para organizar a vida financeira e dar adeus ao nome sujo no mercado. Até porque é muito mais tranquilo iniciar um novo ano sem pendências - ou problemas com a negativação no mercado.

Esse é conselho para os cerca de 62 milhões de brasileiros que estão inadimplentes. Segundo um levantamento recente feito pela Serasa Experian, a somatória das dívidas dessas pessoas está em quase 275 bilhões de reais, com média de 3,8 dívidas por CPF e um valor que chega a 4 462 de reais por pessoas.

O estudo também mostra que grande parte desse alto número de pessoas com o nome sujo é provocado por dívida com bancos e cartões de crédito, seguida de financeiras e os chamados utilities, que são contas como a de energia, gás e água. Entre os inadimplentes, o maior número é do gênero masculino, com 50,8% dos negativados. As mulheres representam os outros 49,2%.

Para 2019, no entanto, as coisas podem ser diferentes: de acordo com Joyce Carla, gerente do Serasa Consumidor, a perspectiva no que diz respeito o quadro de inadimplência para o ano que vem é positiva. “O cenário econômico tem muita influência no endividamento. Com a tendência de melhora para o próximo ano, acreditamos que esse número diminua em 2019”, diz a gerente.

Xô, nome sujo

Enquanto a economia ainda segue em recuperação, existem algumas maneiras para entrar em 2019 sem o nome sujo. Uma delas é o Feirão Serasa Limpa Nome. Em sua 22ª edição, o evento oferece desconto de até 95% para renegociar as dívidas com os credores.

E o engajamento para limpar o nome está alto. Até o momento, o site da Serasa foi acessado por sete milhões de pessoas e originou 1,9 milhão de negociações, 64% mais do que o total registrado em 2017, demonstrando o movimento dos consumidores buscarem sair da inadimplência.

As outras edições deste ano também mobilizaram bastante gente. Os eventos físicos ocorridos em março e em novembro atenderam 15 000 e 14 000, respectivamente. Com as perspectivas positivas para o feirão do final do ano, a Serasa disponibilizou mais quinze dias de evento pela plataforma online. Dessa forma, o Feirão Serasa Limpa Nome irá até 15 de dezembro. 

“Prorrogamos o evento por mais 15 dias no online, para dar mais tempo para as pessoas aproveitarem as negociações. Mas, é importante lembrar que a ferramenta do Serasa Limpa Nome fica disponível o ano inteiro”, diz Joyce.

“Às vezes, não vale a pena esperar o feirão para limpar o nome, principalmente pelos entraves que a inadimplência causa”, explica.

Ano novo com nome limpo

Além de eventos como o do feirão da Serasa, educação financeira e planejamento são fundamentais para virar o ano sem preocupações com o mal-endividamento.

É importante ter um controle do orçamento, anotar os gastos e ter noção de que contas sazonais de começo do ano podem te deixar ainda mais enrolado, caso não esteja preparado para assumi-las.

“Em janeiro, boletos como IPVA, material escolar, IPTU apertam ainda mais o orçamento. As pessoas que têm o benefício do décimo terceiro salário, por exemplo, podem poupar parte dele e se preparar para 2019”, aconselha Joyce.  

Manter uma reserva de emergência, estar sempre atento com o seu nome, com o CPF e sempre atualizar seus dados em birôs de crédito, como a Serasa e o SPC, também são dicas que fazem toda a diferença para não ficar com o nome sujo no mercado.

Isso porque algumas pessoas ficam inadimplentes sem ao menos saber, já que os dados de cadastro com o credor estão desatualizados, dificultando o contato/notificação.

“Esses pontos são os principais: guardar parte da renda para as contas, organizar e planejar. Saber o quanto ganha e o quanto gasta. Tudo isso evita surpresas que podem comprometer suas finanças no futuro, como uma conta que aumentou a bandeira, ou uma emergência”, afirma Joyce.

Ou seja: o mantra para entrar em 2019 com o nome limpo - e não correr o risco de ficar mal-endividado no meio do caminho - é planejamento, organização financeira e atenção com os gastos.

Receba conteúdos exclusivos

Não perca nenhuma novidade, assine nossa newsletter.

  • 0 Likes
Tags
  • Limpar nome
Paula Bezerra

Escrito por Paula Bezerra

Editora da Revista Digital Creditas, jornalista de coração e alma. Escreve sobre finanças, inovação, economia, cultura e o que mais der na telha.
Revolucionando o empréstimo no Brasil

Quem somos

As transformações do mundo exigem cada vez mais de nós. Mais funções, mais responsabilidades, mais conhecimento. Mais, mais e mais. Mas o que Creditas e Exponencial têm a ver com isso?

Somos movidos por fazer a diferença na vida das pessoas. Se vivemos o tempo das informações ilimitadas, é nossa função criar e filtrar diferentes conteúdos aos nossos leitores, para que o conhecimento financeiro deles cresça exponencialmente.

Exponencial. Informação é fonte de crescimento.

A Creditas é uma plataforma digital que atua como correspondente bancário para facilitar o processo de contratação de empréstimos. Como correspondente bancário, seguimos as diretrizes do Banco Central do Brasil, nos termos da Resolução nº. 3.954, de 24 de fevereiro de 2011.

Creditas Soluções Financeiras Ltda. é uma sociedade limitada registrada sob o CNPJ/MF 17.770.708/0001-24, com sede na Av. Engenheiro Luís Carlos Berrini, 105, 12º andar Itaim Bibi, São Paulo – SP, 04571-010